Diretor executivo do Saae-BM planeja medidas para manter qualidade do serviço durante pandemia

0

BARRA MANSA

O diretor executivo do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa (Saae), Fanuel Fernando, se reuniu na manhã dessa segunda-feira, dia 30, com todos os coordenadores e gerentes, a fim de organizar um planejamento para manter a qualidade do serviço. Com a prorrogação do vencimento das contas de água, a arrecadação caiu em aproximadamente R$ 300 mil. Segundo explicou Fanuel ao A VOZ DA CIDADE, a reunião serviu para definir o que pode ser cortado das despesas internas, para o órgão se adequar nesse momento de pandemia.

O diretor executivo do Saae ainda explicou que esse trabalho de redução de custos é necessário para manter a distribuição adequada de água. Ele ratificou ainda as taxas fixas que o órgão tem que pagar somam mais de R$ 2,5 milhões. “São aproximadamente R$ 700 mil para a Light, R$ 480 mil para o Saae-VR pelo fornecimento de água para a Região Leste e também tem a folha de pagamento”, disse, completando que o que não pode faltar é a distribuição de água para a população.

Fanuel ainda pontuou que a prorrogação das contas de água, é uma determinação do prefeito Rodrigo Drable, que vem tomando medidas de precauções para que nenhum serviço essencial à população seja prejudicado. “As contas com vencimento em abril deverão também ser prorrogadas até maio, sem o corte. Quando a conta chegar, a data de vencimento estará normal, o que dará a impressão de que não houve prorrogação. Mas isso já está agendado no sistema, na hora de pagar, a alteração será contabilizada”, explicou.

Sobre a queda de arrecadação, Fanuel pediu para aqueles que têm condições, que efetuem o pagamento. “Entendemos que muita gente está com a condição ruim e está apertado. Essa prorrogação é uma forma de ajudar, pois muita gente precisa comprar outros insumos. Mas aqueles que tiverem condições, peço que paguem a taxa.”, finalizou.

error: Conteúdo protegido !