Diogo Balieiro sai do PSD e vai para o Democratas

0

RESENDE

O prefeito Diogo Balieiro Diniz deixou o Partido Social Democrático (PSD), sigla que o elegeu para comandar a Prefeitura, e filiou-se no Democratas (DEM). A entrada do gestor municipal ao partido foi acertada em um encontro, ocorrido, no último sábado, na casa do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no Rio de Janeiro. Também participaram da reunião, o vereador e ex-prefeito Cesar Maia, o deputado federal, Sóstenes Cavalcante e o prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, o Dudu (PMDB).

Diogo deixa o PSD após ficar dois anos no partido que o elegeu prefeito. A ficha de filiação do prefeito no Democratas foi abonada por Cesar Maia. Segundo Balieiro o que o estimulou a trocar de partido foi à proposta do Democratas para levantar o Estado do Rio de Janeiro. “O que me despertou interesse no Democratas é que o partido tem um projeto para o Estado do Rio de Janeiro que vai de encontro ao meu pensamento”, disse o chefe do Executivo resendense, destacando que a filiação ao DEM é um momento importante em sua carreira política. “Deixo o PSD e passo a integrar esse importante grupo político que tem como presidente estadual do partido, o pai de Rodrigo Maia, o grande economista e homem público Cesar Maia. Hoje, vereador na capital, Cesar Maia foi o prefeito do Rio que mais tempo ficou como chefe do Executivo no município do Rio por 12 anos. Ele realizou grandes e importantes feitos como a construção da Linha Amarela, Cidade do Samba, Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas e Hospital de Acari, por exemplo. Cesar Maia é o nome para governador do Rio. O único que tem experiência para conseguir tirar o nosso Estado desse mar de lama em que está”, disse Diogo em sua página na rede social.

O prefeito também falou de sua expectativa no Democratas, que por final, é o mesmo partido de seu vice-prefeito, Geraldo da Cunha, o Geraldinho. “Tenho uma ótima expectativa com relação ao projeto de desenvolvimento econômico do Estado ainda mais com o partido tendo a frente o Cesar Maia”, comentou.

PRESENÇA DE DUDU NO ENCONTRO

A presença do prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, o Dudu, durante o encontro do Democratas, no Rio de Janeiro, chamou a atenção dos políticos da região das Agulhas Negras, que queriam saber se o pemedebista tinha pretensões de trocar de partido. A equipe do A Voz da Cidade encontrou em contato com a Assessoria de Imprensa do prefeito Dudu, na tarde de terça-feira.  A Assessoria informou que Dudu informou que “apenas” participou da reunião acompanhando o prefeito Diogo Balieiro. “Não tem nada de troca de partido. O Dudu foi convidado por Diogo e compareceu na reunião. Ele reafirma que está no PMDB”, informou a Assessoria.

PREFEITO DESMENTE BOATOS DE PARCELAMENTO DE PAGAMENTO

O prefeito Diogo Balieiro Diniz desmentiu os boatos que surgiram nas redes sociais de que o Poder Executivo não vai pagar o salário de dezembro do funcionalismo municipal devido um bloqueio judicial de aproximadamente R$5 milhões. “O bloqueio aconteceu em função de uma dívida que a Prefeitura tem de um processo de 1989 de uma desapropriação que aconteceu na região da Alegria e que passaram diversas administrações e a dívida nunca foi paga”, contou Diogo. Ele ressaltou que mesmo com o bloqueio Judicial, a Prefeitura vai pagar os salários dos servidores municipais. “Em função da gestão responsável que estamos fazendo, com o corte de despesas, revisão de contratos, novas licitações com valores para baixo e mesmo com esse bloqueio- que vamos recorrer-, a partir desta semana pagaremos os salários de dezembro. Assim como fizemos durante todo o ano de 2017 e com os salários de dezembro de 2016 que nós pagamos da gestão passada. A gente fica triste com estas mentiras e calúnias muitas vezes direcionadas a mim. No entanto, seguimos firme trabalhando e muito otimista. Vamos manter todas as contas em dia e inclusive, com o salário de dezembro já está garantindo e será pago integralmente. Respeitamos muito o dinheiro público. Com transparência e muito trabalho, seguimos cuidando de Resende e dos nossos servidores”, destacou Diogo.