Diogo Balieiro entrega ambulância para a Santa Casa de Resende

0
RESENDE

A Nova Santa Casa de Misericórdia continua recebendo melhorias que contemplam a estrutura e garantem cada vez mais conforto, comodidade e bom atendimento à população. Além de mais uma etapa de obras, a Nova Santa Casa acaba de ganhar uma ambulância, que trará agilidade na remoção de pacientes no caso de exames e procedimentos, como tomografia, ressonância, quando o caso clínico ou mesmo levar paciente de alta, quando necessário. 

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Tande Vieira, o transporte de pacientes anteriormente era feito pelo Central de Ambulância. Segundo ele, esse era um impasse bastante antigo, pois o uso compartilhado por vezes poderia causar uma espera maior por uma das partes.Iniciativas como esta demonstram o quanto valorizamos nossa Santa Casa, que é uma das poucas da região que ainda está de pé, graças a parcerias com o poder público e a iniciativa privada. A demanda é grande e sabemos que tanto a diretoria do hospital quanto a prefeitura têm feito de tudo para melhorar as condições de atendimento”, disse o secretário.  

O governo afirma que o veículo trará agilidade na remoção de pacientes no caso de exames e procedimentos

Já o prefeito Diogo Balieiro Diniz destacou que não se faz saúde sem custeio e apontou um balanço positivo das ações no setor. A saúde pública de Resende está em uma importante crescente, desde as unidades básicas de saúde até as emergenciais. A Nova Santa Casa, um compromisso assumido pela gestão municipal, é mais uma que está colhendo muitos frutos nesse crescimento. Esta ambulância é mais um importante recurso que fará toda a diferença no cuidado com a saúde da população, que merece todo conforto e cuidado”, afirmou o prefeito.  

Segundo a direção da unidade, a ambulância atuará preferencialmente nos serviços de transferência de pacientes e outros vinculados à mesma, mas não deixará de ajudar a Central de Ambulância do Município quando necessário. As despesas com o veículo tais como: abastecimento, manutenção, multas, impostos, renovação de documento, indenização por danos que o mesmo venha acarretar a terceiros, ou quaisquer outras que porventura possam ocorrer, serão de responsabilidade da Nova Santa Casa.