Dia do Consumidor: Procon-BM faz atendimento itinerante no Centro

0

BARRA MANSA

O Dia do Consumidor é celebrado anualmente no dia 15 de março, data que enaltece a relação comercial dos clientes que fomentam a economia e a manutenção das empresas. Embasado na Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1991 a data cresce de forma a ser explorada como uma pequena Black Friday, principalmente na rede varejista do e-commerce. A internet é a principal ferramenta para atrair os consumidores neste período, com diversas ofertas que chegam aos clientes via e-mail e redes sociais. Porém, segundo os órgãos de proteção, é preciso ter atenção e desconfiar de ofertas extraordinárias. Na prática, o Dia do Consumidor se transformou na Semana do Consumidor, com o auge das ofertas neste fim de semana.

Segundo o Programa de Defesa do Consumidor de Barra Mansa (Procon-BM), o Dia do Consumidor sintetiza as conquistas dos últimos 30 anos, em relação ao respeito e garantias. Segundo o gerente Felipe Goulart, as empresas aproveitam a data e lançam promoções para comemorar, gerando uma grande oportunidade para o consumidor realizar compras.

Portanto, além da dica de pesquisa de preços, neste período o consumidor deve redobrar a atenção contra fraudes. “O momento é de redobrar a atenção em relação às fraudes, porque é muito comum o consumidor receber e-mails de ‘superpromoções’ onde, por exemplo, um produto que custa R$ 4 mil está ofertado a R$ 1,5 mil. A gente orienta que todos tomem bastante cuidado, checar se é um site correto, se a promoção é aquilo mesmo e desconfiar sempre daquela promoção absurda. Nada sai de graça, é desconfiar do que é excessivamente bom”, comenta.

As compras através da internet exigem atenção redobrada dos consumidores – Arte: Fábio Guimas

O universitário Pedro Antonio Costa, 24, recebeu oferta de um smartphone recém-lançado ao mercado, com valor abaixo do anunciado em outras lojas. A propaganda foi salva num e-mail, o qual ele descobriu fazer referência a uma loja que não existe. “Fui da alegria pela chance de compra à tristeza em constatar a fraude. Ao menos não perdi dinheiro, mas ainda desejo muito este produto e sigo acompanhando os e-mails que chegam de outras lojas. O preço real é R$ 4.999 e a oferta dizia R$ 2.100, ainda bem que não comprei por impulso, o site era um fake”, conta.

Em Barra Mansa, o Procon disponibiliza atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h30min, na Rua Luiz Ponce, 263, Centro, (pátio da prefeitura). Os telefones de contato são (24) 2106-3420 e 2106-3461. Além disso, há o contato via Facebook. “Estamos atentos a denúncias e o apoio ao consumidor”, frisa Goulart.

RANKING DE RECLAMAÇÕES E AÇÃO ITINERANTE

O Procon-BM realizou nos últimos três anos aproximadamente 8 mil atendimentos e, em 2020, a média mensal é em torno de 450 a 500 atendimentos. Segundo Felipe Goulart, as principais queixas são relacionadas à telefonia. “O líder de reclamações do Procon-BM é a telefonia, tendo em torno de 40% das queixas. Em seguida, surgem os bancos e as grandes redes de magazine”, argumenta.

Para ampliar a orientação ao consumidor, nesta sexta-feira, dia 13, o Procon-BM levará uma ação alusiva ao Dia do Consumidor para a Praça Ponce de Leon, no Centro. Segundo Felipe Goulart, a iniciativa será realizada em parceria da Ordem dos Advogados do Brasil e do Centro Universitário de Barra Mansa, no horário entre 8h30min e 12h30min. “Vamos realizar atendimento com apoio da OAB de Barra Mansa e do UBM. A intenção é retirar dúvidas dos consumidores na rua. Uma oportunidade de valorizar o consumidor, pois já fazemos um trabalho forte de fiscalização e optamos em organizar essa atividade na sexta-feira porque no domingo, infelizmente, não teremos tanta movimentação nas ruas”, frisa Goulart.

error: Conteúdo protegido !