Dez pontos da cidade do Aço estão com monitoramento por câmeras

0

VOLTA REDONDA

As entradas e saídas do município agora estão monitoradas por câmeras. Trata-se do projeto Cerca Inteligente, com equipamentos de última geração instalados em dez pontos da cidade, garantindo a fiscalização em 40 ângulos diferentes. Os principais objetivos do sistema são identificação e recuperação de carros roubados ou furtados e a apreensão de veículos envolvidos em delitos como sequestro relâmpago, atropelamentos e outros casos.

Com o sistema, será criado um banco de dados com todos os veículos que entram em saem de Volta Redonda. Ficariam registrados o percurso, horário, dia e mês, placa do carro, foto e vídeo. Além disso, em outro arquivo constam todos os veículos roubados ou furtados no município durante o ano de 2018, chamado de “lista negra” pelos operadores do sistema e contará com a ajuda da população. “É preciso que o cidadão seja rápido em comunicar qualquer ocorrido envolvendo veículos. Em caso de roubo ou qualquer outro delito, a pessoa deve informar, preferencialmente, a placa do veículo ou alguma outra característica exclusiva pelo 190, 153 ou 199 para que o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) inclua na lista negra”, disse o presidente da Empresa de Processamento de Dados (EPD), Matheus Cruz.

Para o subcomandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, Rodrigo Müller, dessa forma, as equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal, que fazem o serviço de campo, podem ser direcionadas exatamente para onde o veículo está circulando. Ele avisou que os equipamentos serão usados apenas para a segurança pública e não servirão para autuações.
Os equipamentos estão instalados em todas as saídas e entradas de Volta Redonda: nos bairros Ponte Alta, Santa Cruz, Belmonte, São Luiz, Santa Rita do Zarur, Três Poços, Vila Rica-Tiradentes e 207.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !