Descartado caso de Coronavírus em Resende

0

RESENDE

Foi divulgado na noite desta sexta-feira, dia 28, pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que o caso suspeito de Coronavírus (Covid-19), atendido na quinta-feira, dia 27, teve seu resultado de exame liberado pelo Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen-RJ) como negativo para a doença.

A paciente foi atendida em um hospital da rede privada, se encontra com saúde estável e foi mantida em isolamento domiciliar. As medidas de controle e monitoramento do caso, assim como de familiares e outras pessoas que tiveram contato com a paciente, foram mantidas, conforme o preconizado pelo Ministério da Saúde.

A rede de assistência municipal à Saúde encontra-se preparada para detecção de prováveis casos suspeitos e seguirá os protocolos técnicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

A prefeitura esclarece ainda que criou uma sala de situação para o acompanhamento de casos de pessoas infectadas pelo Coronavírus, conta com representantes das unidades de saúde de Resende (hospitalar, atenção básica e atenção especializada); com a equipe de vigilância em saúde; secretaria de administração da saúde; farmácia e laboratório.

Na nota oficial, a administração municipal informa ainda que vai intensificar a vigilância de casos suspeitos, a capacitação, planejamento de consumo de insumos (EPI´s) e estruturação da rede de apoio. Da mesma forma, mantém o acompanhamento de uma agenda ativa de monitoramento do avanço de novos casos e evolução da doença no cenário mundial.

DEFINIÇÃO DOS CASOS SUSPEITOS

De acordo com o Ministério da Saúde, os critérios para a definição de caso suspeito enquadram agora as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e tiveram passagem por países como Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China, nos últimos 14 dias.

Além dos sintomas como febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza é preciso observar outros aspectos, como contato próximo com algum caso suspeito ou histórico de viagem em área com circulação do vírus. Nesses casos, é fundamental procurar o serviço de saúde mais próximo.

PREVENÇÃO

A prefeitura ressalta que é muito importante continuar tendo os cuidados básicos de prevenção ao contágio, como lavar as mãos com água e sabão ou usar antisséptico à base de álcool, limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Entre as medidas de prevenção estão: proteger nariz e boca ao espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e copos; lavar frequentemente as mãos, especialmente após espirrar ou tossir; evitar ambientes com muita aglomeração e utilizar álcool em gel nas mãos.

 

error: Conteúdo protegido !