Desafios em fundar o seu próprio negócio no Brasil

0

Em 2014, o Brasil passou por uma das mais sérias crises política e econômicas de todos os tempos. Esta crise que afetou especialmente pequenas empresas, foi definida por uma queda do PIB (produto interno bruto) para valores negativos, um indicador da redução do poder de compra da população brasileira. Apesar dos tempos difíceis, houve indústrias que beneficiaram das circunstâncias, como empresas de reparação e manutenção, enquanto outras nem foram afetadas devido ao seu alcance internacional, como a dos videojogos e games online, que oferecem bônus como codigo bonus bet365.

Em tempos de mudança, a economia do Brasil recuperou e está agora numa boa onda de notícias, com o ciclo vicioso do dinheiro a proporcionar a população do brasil condições para investimento. Esta tem sido certamente a melhor oportunidade para a abertura de novos negócios, desde o café da esquina até a uma loja de roupa, no entanto, mesmo com uma economia em ascensão, diversos são os obstáculos que podem aparecer no caminho. Aqui estão alguns desafios que pode encontrar no caminho de fundar o seu próprio negócio:

Corrupção: Apesar do Brasil ser um dos líderes mundiais para destinos de investimentos, continua a ser um país com sérios casos de corrupção e suborno. A estrutura federal do sistema político proporciona um grande range de agências regulatórias, o que pode resultar em exigências de suborno por parte dos oficiais públicos. Em 2016, o Brasil foi classificado número 76 no index de corrupção da tabela de Transparência Internacional.

Impostos: O regime de impostos no Brasil é uma das principais razões por detrás da sua complexidade. Mais de 90 tipos de impostos, responsabilidades e outras contribuições são cobradas no Brasil, e todos os impostos são baseados de forma diferente mediante as esferas dos impostos federais, estaduais e municipais. O sistema eSocial permitiu uma nova organização de impostos para empresas, submetendo toda a informação em conjunto em vez de ter que enviar em separado, para as diversas autoridades como Segurança Social, Receitas Internas e Ministério do Trabalho.

Infraestrutura: Grandes eventos internacionais como a Copa do Mundo e os jogos Olímpicos forçaram o governo brasileiro a investir na melhoria da infraestrutura do país, com o aprimar de estradas, caminhos-de-ferro e aeroportos. Segundo as classificações do World Economic Fórum, o Brasil está localizado no lugar 107 de 144 países em nível de infraestrutura.

Tecnologia: O Brasil tem tido uma falta de tecnologia disponível para o crescimento de empresas, mas tal tem sido um problema abordado e soluções têm sido apresentadas. Empresas tecnológicas têm mostrado o seu apoio para desenvolver os departamentos de diversas corporações, tal como a Microsoft, que em época de jogos olímpicos investiu mais de 100 milhões de dólares no Rio de Janeiro. As principais inovações tecnológicas já estão presentes nas principais cidades do Brasil para facilitar o movimento das pessoas, melhorar serviços de emergência e fazer compras mais eficientes.

por: Cesar Cunha

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !