Deputado Antonio Furtado usa tribuna em Brasília para parabenizar Volta Redonda

1

O deputado federal Delegado Antonio Furtado, na terça-feira, 16, usou a tribuna da Câmara dos Deputados, em Brasília, para parabenizar a Volta Redonda, que nesta quarta-feira, 17, completou 65 anos de emancipação. O parlamentar lembrou que, mesmo em uma semana de pouca presença de parlamentares em Brasília, ele manteve sua agenda de reuniões de trabalhos e as participações nas sessões.

Usando a tribuna, o deputado Antonio Furtado deu os parabéns a todos os  moradores de Volta Redonda pela data. “Quero aproveitar e fazer uma saudação muito especial pelo dia 17 de julho, data na qual a cidade de Volta Redonda completa 65 anos. Eu, embora não tenha tido a felicidade  de ter nascido nessa cidade, sou um cidadão volta-redondense por um ato da Casa Legislativa. Para mim, sem sombra de dúvida, é motivo de extremo orgulho usar essa tribuna para poder parabenizar cada cidadão e cada cidadã pelos 65 anos da emancipação da cidade”, discursou o parlamentar.

CONFIANÇA DOS ELEITORES

Furtado destacou em seu discurso que está em Brasília porque teve a confiança dos eleitores do Rio de Janeiro e, em sua maioria, da Região Sul Fluminense. “Tenho exata noção do sentimento de gratidão que nos trouxe até aqui, tendo em vista a enorme confiança que a cidade demonstrou nas últimas eleições. Quero deixar claro que todo aquele empenho, coragem e vigor que tivemos na luta contra o crime, continua aqui na Câmara”, destacou, ressaltando que sua atenção sempre vai ser para todo o Estado do Rio de Janeiro e, especialmente, para o Sul Fluminense.

O carinho que tem pela Cidade do Aço e o trabalho que sempre desempenhou em prol da segurança da população foi lembrado durante a fala do parlamentar. Ele fez questão de agradecer o apreço e a confiança demonstrada pelos moradores de Volta Redonda com o seu trabalho.

“Quero dar os parabéns a população de Volta Redonda por essa data especial, sabendo que não foi em vão todos as vezes que saímos para efetuar prisões, com o mérito principal de salvaguardar a liberdade das pessoas de bem”, concluiu Furtado.

 

 

1 comentário

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !