Denúncia resulta na apreensão de espingarda, porcos e aves em Barra Mansa

0

BARRA MANSA

Ontem, uma denúncia feita ao Linha Verde (0300 253 1177) – programa do Disque Denúncia voltado para meio ambiente – sobre criação irregular de porcos em Barra Mansa, levou policiais militares a apreenderem uma espingarda, um cartucho de calibre 24, seis armadilhas utilizadas para caça ilegal, 11 porcos e cinco aves da fauna silvestre.
Seguindo as informações da denúncia, os policiais foram até a Rodovia Engenheiro Alexandre Drable, onde no chiqueiro denunciado foi possível constatar a criação de 11 suínos sem nenhuma estrutura para tratamento dos resíduos que são lançados diretamente ao solo e próximo a um curso hídrico e sem nenhum tipo de licenciamento. Os agentes então realizaram buscas na residência onde encontraram três trinca ferros, um tizil e um coleiro, todos engaiolados e sem anilhas de identificação junto ao IBAMA, além de seis aratacas (armadilhas de caça), uma espingarda calibre 24 e um cartucho.

Diante dos fatos, foi dada ciência de crime de posse irregular de arma de fogo com base no artigo 12 da lei 10.826/03 além de crime ambientai com base nos artigos 54 e 29 da lei 9605/98 e o responsável foi encaminhado à 90ª Delegacia de Polícia (DP), onde a ocorrência foi registrada.

Animais estavam sendo criados de maneiras irregulares – Divulgação

Vale ressaltar que os materiais de caça ficaram apreendidos enquanto que os pássaros foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), onde após tratamento serão devolvidos ao seu habitat natural.
Crimes ambientais no Estado do Rio de Janeiro podem ser denunciados de forma anônima ao Linha Verde, através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ” onde é possível enviar fotos e vídeos.