Daniel Martins retorna ao Leão do Sul como coordenador científico

0

BARRA MANSA

No último domingo, o vice-presidente do Barra Mansa Futebol Clube, Genivaldo Silva, confirmou o retorno de Daniel Martins ao clube na função de Coordenador Científico das categorias de base. Daniel que foi atleta da base do Leão do Sul, antes de fazer parte da comissão técnica da equipe Sub-20 do Barra Mansa em 2015, acumula passagens pelo Volta Redonda, Vasco da Gama e Esporte Clube Rio São Paulo.

Genivaldo falou sobre a importância do retorno do profissional ao clube. “Neste momento a base do Barra Mansa está em plena ascensão e precisava de um profissional que pudesse fazer o trabalho científico: saber pelo peso, altura, percentual de gordura dos atletas, qual a melhor preparação física. E o Daniel com sua equipe fará essa análise de desempenho e trazer para o grupo a experiência de já ter disputado a Copa São Paulo de Futebol Júnior, pelo Volta Redonda, ter curso da Escola Europeia de Futebol, ter passagens como preparador físico pelo Sub-20 e profissional do Barra Mana e, no ano passado, como treinador chegou à semifinal do Carioca Sub-17, com o Rio São Paulo, é um profissional que somará e muito com o clube”, afirmou.

Sobre seu retorno ao Leão do Sul, Daniel Martins aproveitou para falar um pouco sobre sua carreira e também os primeiros passos dentro do clube. “Retorno para o clube onde iniciei minha carreira e cresci profissionalmente. É uma honra vestir essa camisa e defender as cores de um clube centenário que tem a maior torcida do sul do estado. Assumo a função de Coordenação Científica da base, visando criar um planejamento metodológico para a base do clube”, comentou Martins revelando que o mais importante é conversar com as comissões técnicas de cada categoria. “No primeiro momento é reunir com as comissões técnicas de suas respectivas categorias, analisarmos o calendário de campeonatos, os objetivos da temporada,  para tratarmos a periodização dos treinamentos. Vamos buscar realizar um trabalho maturacional na base, para realizar esse acompanhamento, criando um banco de dados, para facilitar as transições de categorias dos atletas, lembrando que a cidade é um celeiro de craques”, comentou Daniel Martins, afirmando que chega ao clube para ajudar formar atletas com o DNA do Leão do Sul.