CSN e Secretaria de Meio Ambiente de Volta Redonda iniciarão obras do projeto Bike Park na Fazenda do Ingá

0

VOLTA REDONDA

A partir desse mês, por meio de uma parceria entre a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) de Volta Redonda, serão iniciadas as obras do projeto Bike Park na Fazenda do Ingá, no bairro Santa Cruz. O objetivo do Bike Park é a criação de um parque ideal para a prática de ciclismo modalidade MTB, com a demarcação de trilhas de acordo com padrões técnicos da , Internacional Mountain Biking Association (IMBA), critérios que integram a segurança, o bem-estar dos usuários e a conservação do meio ambiente, sem ferir a legislação municipal no que tange a operação do Parque Natural Municipal Fazenda Santa Cecília do Ingá.

Entre as melhorias estão a criação de um ambiente seguro para a prática do ciclismo de montanha, perfil predominante dos usuários do local. Desenvolvido com financiamento da Companhia Siderúrgica Nacional por uma consultoria especializada, o projeto visa preservar o ecossistema existente, recuperando, organizando e demarcando e integrando as trilhas do Parque Municipal. A execução das obras será feita pela empresa CBSI.

A obra terá todas as autorizações ambientais necessárias e será acompanhada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente seguindo as exigências ambientais previstas. As trilhas terão um conceito de uso compartilhado, que contribui para que os visitantes e os ciclistas ajudem na preservação do espaço, embora as regras de uso ainda necessitem de adequações. O parque permanece fechado para prática de ciclismo. Não há no momento previsão para o recebimento do público alvo, para utilização das trilhas.

Conheça mais sobre o Bike Park

O projeto prevê a criação de 4 trilhas totalizando 5,4km de extensão que ampliarão os circuitos existentes, além da instalação de uma estação de apoio para manutenção de bicicletas. As trilhas serão sinalizadas por níveis de dificuldade e vão funcionar como incentivo à prática do esporte, de acordo com o nível de habilidade, incluindo trajetos mais fáceis até um extremamente difícil, segundo o sistema de classificação da IMBA.

A classificação das trilhas apresentado pelo IMBA é o sistema internacional de classificação de trilhas para a prática do ciclismo de montanha. Ele se aplica melhor à modalidade, mas também é aplicável a outros usuários, como caminhantes. Com o projeto, a expectativa é melhorar a experiência do usuário para que se torne um frequentador do local.

Para ajudar na construção do projeto, ciclistas que frequentam o Parque foram convidados a participar de uma pesquisa on-line, para identificação do uso predominante do espaço. Com base nas respostas, constatou-se que as modalidades mais praticadas são o mountain bike cross country, o ciclismo em estrada e o ecoturismo.

Sobre o Parque

O Parque Natural Municipal Fazenda Santa Cecília do Ingá está localizado no município de Volta Redonda – RJ.  O acesso é feito pela Av. dos Combatentes, no bairro Santa Cruz. Com 211 hectares, o Parque Natural Municipal Fazenda Santa Cecília do Ingá é a maior área verde da cidade. Cerca de 90 hectares são cobertos por mata atlântica nativa e trechos reflorestados.

O local pertence ao município desde 1955, foi adquirido com o intuito de aproveitar o seu potencial hídrico para abastecer parte do então núcleo urbano. Em 1962, um convênio foi assinado com o Ministério da Agricultura para a criação do Parque Florestal Municipal, condição que permaneceu até 1988, quando foi transformada em Área de Proteção Ambiental, pela Lei Orgânica do Município. Dessa forma, o local não pode possuir nenhuma forma de urbanização.