Crianças ficam assustadas com pó metálico durante Caminhada Ambiental  em Volta Redonda

0

Para fechar a Semana Ambiental em Volta Redonda, mais de 50 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, participam da 3ª. Caminhada Ambiental na Avenida Beira Rio, entre os bairros Belmonte e Vila Mury, no último domingo, 9. A atividade foi organizada pelo Coletivo Terço dos Homens, ligado às Comunidades Cristãs.

Na caminhada, os participantes realizaram ‘místicas de fé’, ‘teatro denuncia’, ‘coleta de resíduos’ e ‘aulinha de matemática’. “Acompanhei e vi ali um verdadeiro clamor da comunidade para que as autoridades fiscalizem de fato e façam cessar a poluição, somado ao apelo que não joguem lixos na Beira Rio”, declarou um dos participantes do ato, José Maria da Silva, o Zezinho do MEP.

AULINHA DE MATEMÁTICA

Na aulinha de matemática na quadra, foi mostrado às crianças como é possível ver e calcular a quantidade de particulados que caem sobre os moradores da cidade e plantas. As crianças, mediram uma área, com ajuda orientaram a coleta, depois pesaram e associaram estimativamente qual a quantidade de pó que cai no bairro e na cidade, levando em conta uma determinada área.

A experiência será repetida pelo Movimento Pela Ética na Política (MEP) em intervalos de 24 horas, para dar veracidade aos cálculos. As crianças ao mesmo tempo que entenderam, ficaram assustadas. Outro fato que chamou muito a atenção foi ver pessoas pescando descalças com pés no esgoto, onde sai esgoto para no Rio Paraíba do Sul. “Pego tilápia grande e como. Não faz mal”, garantiu um dos moradores das proximidades que estava  pescando.

 

 

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !