Coordenador da Lava-Jato ministra palestra em comemoração aos 48 anos da CDL-VR

0

O coordenador da Lava-Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, procurador do Ministério Público Federal, desde 2003, esteve terça-feira, 14, em Volta Redonda. Ele ministrou palestra sobre “Corrupção e Ética nos Negócios” no evento “Tendências 2018”, em comemoração aos 48 anos de atividades da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-VR). O evento aconteceu no Galpon, na Rodovia dos Metalúrgicos, no bairro Casa de Pedra, e contou com a participação de vários convidados, como o prefeito Samuca Silva, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Joselito Magalhães, e outros mais.
De acordo com os organizadores, cerca de 800 pessoas estiveram presentes no evento, que foi realizado em parceria com o Sistema de Cooperativas de Créditos do Brasil (Sicoob). Segundo destacou o presidente da CDL-VR, Adriano Santos, quando decidiu falar sobre as tendências de 2018, foi para motivar os associados, a resgatar o otimismo. Lembrou ainda que, a escolha do coordenador da Lava-Jato também foi para mostrar que o país ainda tem jeito, que a Justiça pode ser feita e, que com os corruptos presos, é possível ter esperança num futuro melhor.
Adriano disse ainda que, em um momento de crise, possibilitar uma noite de entretenimento e de conhecimento, é fundamental para dar um gás a mais ao setor produtivo que anda tão sobrecarregado de tantos encargos.
Disse também que, o cidadão e empresários também precisam fazer a sua parte. Lembrou que, às vezes, sem perceber, todos cometem pequenos atos de corrupção, como burlar uma fila, usando o chamado jeitinho brasileiro. Para ele, isso também precisa mudar e o mais importante é não votar em políticos suspeitos ou condenados por corrupção ou em outros atos criminosos. “E isso ficou bem claro na palestra do Deltan Dallagnol”, relatou.
O presidente do Sicoob Credirochas, Tales Pena Machado, também falou sobre medidas que as empresas vêm tomando para evitar o envolvimento em situações ilícitas. Disse que, atualmente as empresas têm adotado internamente programas de compliance, que funcionam como um termo de ajustamento de conduta para pautar a ética e transparência. “Decidimos, junto com a CDL, trazer uma pessoa que justamente defende este tipo de conduta, que trabalha contra a corrupção para mudar o país”, Realatou o presidente.
CUIDADOS PARA NÃO CAIR EM ARMADILHAS
Durante a palestra, Deltan Dallagnol, fez um alerta para os empresários e para toda a população sobre os cuidados para não cair em armadilhas e também não se tornar um corrupto. Disse ainda que, muitas vezes, a culpa é colocada somente nos governantes, mas a corrupção tem quem recebe o dinheiro da propina, mas tem também quem paga. “Nós cidadãos podemos sempre exercer o poder do não. Nós precisamos redefinir expressões como ‘nós fazemos qualquer negócio´, ou como ‘foco no resultado’, para entender que o fim do lucro não justifica os meios. Não se faz qualquer negócio, se ele for desonesto. Buscar e exercer a integridade que queremos ver nos governos”, explicou.
Sobre se ainda existe esperança para um futuro sem corrupção, o coordenador da Operação Lava-Jato citou o fim da escravidão, que era enraizado na história do país, mas que foi alcançado com muita luta. “Apesar de todas as frustrações, com retrocessos, com prisões de suspeitos que acabam sem condenação, precisamos acreditar no poder da transformação. E ela acontece quando votamos com responsabilidade a cada quatro anos. Para o ano que vem, entidades e sociedade civil organizada, estão preparando uma grande campanha contra a corrupção. Isso pode ajudar a rechear o Congresso Nacional com políticos com passado limpo, comprometidos com um projeto maior anticorrupção”, destacou.
Na palestra, o Procurador fez um balanço das ações da Lava-Jato e falou sobre essa importância do envolvimento da sociedade para mudar o país. Mais de cem perguntas foram redigidas para o palestrante, mas devido ao tempo, foram selecionadas cinco, que representavam boa parte dos questionamentos. Ele respondeu a todos e foi aplaudido de pé.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !