Construção irregular é descoberta pela Polícia Ambiental na Ilha Grande

0

ANGRA DOS REIS
Agentes da Unidade de Policiamento Ambiental Juatinga (UPAm) flagraram na quinta-feira, dia 21, uma suposta construção irregular às margens da Enseada do Bananal, na Ilha Grande. O flagrante se deu graças a uma informação passada ao Disque Denúncia Linha Verde, no 0300 253 1177, programa do Disque Denúncia voltado para Meio Ambiente. Na ação, um suspeito foi detido.
Segundo informações do Disque Denúncia, no momento da fiscalização, a equipe da 4ª UPAm constatou a existência de uma construção na zona de amortecimento do Parque Estadual da Ilha Grande, onde cerca de 300 metros quadrados de área estão degradados. Na areia da praia inclusive, havia uma estrutura já em ponto de laje, mas durante a fiscalização, os policiais não encontraram nenhuma placa contendo as referidas licenças, tampouco os responsáveis pelo ilícito em uma área de preservação permanente.
O Disque Denúncia informou ainda que, um morador que passava pelo local foi perguntado a respeito do proprietário do terreno e informou aos policiais que a suposta dona moraria no Rio de Janeiro. Os agentes levaram o caso à 166ª Delegacia de Polícia (DP) na Ilha Grande, onde o caso foi registrado como fato atípico.
Os responsáveis pelo Linha Verde pedem pára que a população continue denunciando crimes ambientais em Angra dos Reis através do telefone 0300 253 1177, que tem custo de ligação local, além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. A garantia é de sigilo total do denunciante. Quem puder e quiser pode denunciar também enviando fotos e vídeos. Denúncias podem ser feitas também pela página do Linha Verde no facebook www.facebook.com/linhaverdedd ou pelo site do Disque Denúncia www.disquedenuncia.org.br.