Conselho Regional de Técnicos de Radiologia abre sindicância para apurar uso de sala por parte de Paulinho do Raio-X

0

VOLTA REDONDA

Hoje, a Assessoria de Imprensa do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia do Rio de Janeiro (CRTR4-RJ) enviou uma nota ao A VOZ DA CIDADE. Eles informaram que estão tomando providências a respeito da sala da regional, em Volta Redonda,  ter sido usada para as negociações de Paulinho do Raio-X, vereador preso em flagrante suspeito de extorquir o prefeito Samuca Silva, mas que já está solto.

O conselho informa que na última segunda-feira, 9, primeiro dia útil após a prisão que foi realizada no dia 7, a Diretoria Executiva se reuniu e deliberou pela imediata abertura de sindicância para apurar o ocorrido. Respondeu no mesmo dia ao Conter – Conselho Nacional, informando sobre a deliberação da diretoria pela abertura do processo de sindicância para apuração das responsabilidades sobre o uso, sem conhecimento e sem autorização da Diretoria Executiva da regional, das dependências da Delegacia de Volta Redonda. No mesmo dia que enviou respostas ao Conter, recebeu novamente pedido de esclarecimento, o que não foi entendido pelo conselho do Rio de Janeiro. Menciona na nota o relacionamento com todos os parlamentares que são profissionais de radiologia. “No entanto, em hipótese nenhuma, nos traz a aprovação automática dos atos dos agentes envolvidos, seja em suas atuações parlamentares, seja em suas vidas pessoais.  Uma vez que tenham qualquer atitude que não representem os valores desta profissão e dos profissionais que a compõe, todas as ações administrativas serão tomadas e, se for o caso, punidos de forma diretamente proporcional ao ato. Nunca haverá transigência com crimes de qualquer natureza por este corpo de conselheiros”, diz a nota.