Consciência Negra: Barra Mansa homenageia jovens destaques

0

Uma noite de emoção, esperança e homenagens. Foi dessa forma que a Prefeitura Municipal de Barra Mansa, através da Gerência de Promoção da Igualdade Racial e do gabinete da vice-prefeita Fátima Lima, entregou o certificado “Jovens Fazendo História” para quinze pessoas nesta quarta-feira, dia 22, durante uma sessão solene em alusão ao Dia da Consciência Negra e Zumbi dos Palmares na Câmara Municipal de Barra Mansa.
A homenagem é concedida aos jovens que se destacam pelos projetos e contribuições no âmbito social, cultural e profissional no município. O evento contou com a participação do grupo de capoeira Quarto Crescente e o saxofonista da Orquestra Municipal de Barra Mansa e um dos homenageados, Welsten Leopoldino.
Participaram da cerimônia também a vice-prefeita de Barra Mansa, Fátima Lima; o superintendente da Fundação Cultura, Marcelo Bravo; representando a Câmara de Vereadores, Gilson de Assis Lopes; o Gerente de Promoção da Igualdade Racial, Walmiro Fabiano Júnior; a presidente do Conselho Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Silvana Carvalho, demais vereadores e população em geral.
A vice-prefeita afirmou a importância de o poder público estar junto com a sociedade na luta por mais respeito. “Hoje foi um dia de celebrar a vida desses jovens, mas também de refletirmos qual o nosso papel na sociedade e como podemos fazer para mudar o quadro de desigualdade existente no Brasil. Precisamos nos unir e repassar para nossas crianças e jovens a luta por igualdade e mais respeito. Que a vida desses quinze jovens possam inspirar outras pessoas a lutarem por um ideal”, afirmou.
Durante a sessão, foi feita a leitura de um breve histórico de cada homenageado. Entre os jovens, diversas histórias de luta e superação através da educação e de atividades como música, teatro e dança. Foram agraciados com os certificados os jovens Ana Luíza de Souza Luciano, Antônio Souza dos Santos, Bruna Barcelon, Carla Beatriz Batista de Souza, Daniel de Jesus Lopes, Gabriel Sanpêra, Hebert Isaías da Silva, Hellen Cristina Silva de Souza, Lívia e Silva Eugênio, Lucas Marques Ferreira, Natália das Graças Valério de Oliveira, Nathália Silva, Talita Cristina Saraiva de Paiva, Vitor Augusto Pereira e Welsten Leopoldino.
A jovem Ana Luíza de Souza Luciano discursou em nome dos demais homenageados. Atualmente, ela cursa Administração Pública na UFF (Universidade Federal Fluminense), e sonha em lecionar em universidade. Já foi professora e hoje em dia coordena o “Projeto Nova Geração”, programa de incentivo aos jovens na área da educação e mercado de trabalho.
Em seu discurso, ela relembrou a história de superação de Jeremias, retratado na Bíblia, e afirmou que assim como o profeta, ela procura trazer à memória histórias de exemplo. “A vida de Zumbi dos Palmares e Martin Luther King produzem em mim a esperança de que lutar arduamente contra as desigualdades impostas a nós é essencial. Meu sonho é que ao lado de cada um de vocês, possamos lutar por dias de equidade, protagonismo e de consciência”, finalizou.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !