Concursados do Detran deliberam greve de 72 horas em todo estado

0

BARRA MANSA

O Sindicato dos Funcionários do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Sindetran) comunica a todos os usuários e a população em geral que os servidores do Detran deliberaram greve, contando a partir de quinta-feira, dia 23, pelo período de 72 horas. Na pauta de reivindicações está a falta de condições de trabalho e valorização dos servidores. Em Barra Mansa, em acordo com o sindicato, o atendimento não está paralisado, pois 30% dos servidores concursados estão trabalhando.

Em nota divulgada nas redes sociais, o presidente Pablo Ribeiro da Costa Guimarães, destaca que a categoria reivindica melhores condições de trabalho. “Alguns postos estão infestados de ratos e baratas, insalubres com paredes mofadas, além disso, por todo o Estado existem setores nessas condições, restabelecimento da Progressão Funcional, reestruturação da carreira defasada desde 2006 e auxilio saúde para os servidores aposentados”, destacou.

Em nota oficial o Detran, esclarece que existe um acordo judicial com o sindicato, em vigor, definido em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. “A audiência foi realizada no último dia 13 de junho, em sessão com o presidente do TJRJ, Henrique Carlos de Andrade Figueira. Diante do anúncio de paralisação por parte do Sindetran, mesmo com o Detran.RJ cumprido a sua parte neste acordo, o TJRJ determinou, judicialmente, em despacho assinado pelo presidente do Tribunal, que o sindicato se abstenha da realização da greve a partir do dia 23 de junho – ‘sob pena de multa de R$ 500 mil por cada dia de paralisação’ – visto que a greve descumpre uma decisão judicial do próprio TJRJ.  Cabe ressaltar que os salários e benefícios dos servidores estão todos em dia. O atendimento nos postos está normal, pois a grande maioria dos serviços é realizada por funcionários de empresas terceirizadas. Caso algum exame ou serviço não seja realizado, o mesmo será remarcado pelo departamento”, concluiu a nota.