Concerto didático do Volta Redonda Cidade da Música é realizado para pais e alunos de creche municipal

0

VOLTA REDONDA
Pais, alunos e professores da Creche Municipal Gotinhas de Amor, localizada no bairro São Lucas, em Volta Redonda, participaram nesta quarta-feira, dia 17, de um concerto didático com a Banda de Concerto e o Quarteto de Cordas do projeto “Volta Redonda Cidade da Música”, da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre). O encontro aconteceu na sede do projeto, no bairro Vila Mury.
De acordo com o maestro Nicolau Martins de Oliveira – idealizador do projeto e apresentador do evento – o objetivo do concerto didático é mostrar os instrumentos, intercalando apresentação musical e explicação. “Normalmente as crianças vêm com os professores. Quando a escola me solicitou no primeiro semestre, me informaram que vinham os pais também. Para cada hora, o objetivo é apresentar os instrumentos, com linguajar diferente para cada grupo de idade, dando acesso para as crianças aos instrumentos de percussão”, explicou o maestro Nicolau, citando que já realizou essa experiência em locais como os teatros municipais do Rio e de Niterói, além da Sala São Paulo e a Universidade de São Paulo (USP), ambas na capital paulista.
Este é o primeiro de uma série de encontros neste formato que inclui a participação dos pais e responsáveis das crianças, com concertos pela manhã e à tarde. A diretora da creche municipal, Rosana Toledo, afirmou que participarão cerca de 620 pessoas, incluindo os pais, professores e alunos de 15 turmas da unidade escolar.
PROJETO DE RESGATAR A MÚSICA
Neste ano, a Creche Municipal Gotinhas de Amor trabalha o projeto de resgatar a música e a musicalidade brasileira. Segundo a diretora, a música ajuda a criança no desenvolvimento do domínio motor, na concentração, no ritmo, no equilíbrio e, principalmente, na oralidade. “A realidade da nossa escola é que as crianças estavam muito acostumadas com determinados gêneros musicais e vimos a necessidade de apresentar outros gêneros a eles, principalmente o clássico, que eles não costumam ter acesso. O professor Nicolau foi muito solícito em nos receber para que as crianças tivessem a oportunidade de conhecer os instrumentos e a orquestra, que é uma coisa que não é da realidade dos nossos pequenos”, contou Rosana.
E a apresentação foi elogiada pelos pais dos alunos. A pequena Ana Laura, de apenas dois anos, estava com a mãe Ana Clara de Carvalho Guimarães, que conheceu o projeto “Volta Redonda Cidade da Música” pela primeira vez. “Uma oportunidade para as crianças terem um desenvolvimento melhor, conhecer coisas novas. Ela tem o xilofone e na hora que foi tocado esse instrumento, ela comentou: ‘Mamãe, é igual ao meu’. Ela também gostou muito do prato. Foi um evento maravilhoso”, contou Ana Clara.