Conab: Preço das frutas populares sofre redução devido ao clima

0

SUL FLUMINENSE

O período é favorável para a compra de frutas como laranja, maça, melancia e banana. É o que indica a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que divulgou nesta terça-feira, dia 16, o Boletim Hortigranjeiro nº 7, Volume 5, do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort) referente ao mês de junho e com reflexos no mercado atualmente. O Boletim Hortigranjeiro do Prohort faz análise sobre a comercialização exercida nos entrepostos públicos de hortigranjeiros, que representam um dos principais canais de escoamento de produtos in natura do país.

Por meio das Centrais de Abastecimentos (Ceasa) do país, frutas e hortaliças são distribuídas para o abastecimento de diversos estabelecimentos comerciais. As análises de informações e do Boletim Hortigranjeiro do Prohort tem como base os mercados atacadistas. No Rio de Janeiro a análise verificou preços na Ceasa da capital, principal fornecedora fluminense.

FRUTAS

Entre as frutas, a banana teve queda de 5,29% o preço praticado em junho na Ceasa RJ, segundo a Conab, o tempo frio influenciou nas vendas atacadistas, o que na prática pode refletir menor consumo na rede varejista que absorve as vendas. “É um momento de clima favorável para consumo de alimentos quentes. Com isso, as vendas reduzem. É o caso da laranja que também apresentou redução de 4,84% na Ceasa RJ, em meio à menor demanda no varejo, pelo tempo mais frio e ainda a concorrência na estação com a mexerica poncã”, comenta a economista e educadora financeira Eliane Barbosa.

Na região, o quilo da laranja oscila conforme o tipo, partindo de R$ 1,99. Em relação à maçã o preço baixou na Ceasa RJ em 1,01% e a quantidade comercializada reduziu 27,03% conforme relatório da Conab. Nas prateleiras dos estabelecimentos da região, o preço médio do quilo da maça pode ser encontrado a R$ 6,90. “Eu compro maça e laranja. Não senti essa redução nos preços a não ser em dias de promoção. De forma geral, a média de preço não se altera tanto”, comentou a dona de casa Yolanda Xavier.  Em relação à melancia, houve queda de 66,01% no preço na Ceasa RJ em junho, na conta do primeiro semestre o valor médio do quilo da fruta foi de R$ 1,56. Na região, a melancia pode ser encontrada a partir de R$ 5,90/Kg.

BATATA ‘QUENTE’

A pesquisa da Conab mostrou que a batata teve queda de 11,09% na Ceasa RJ, mas nas prateleiras da região o preço não se alterou. Ao contrário, subiu segundo consumidores mais atentos. “Eu paguei R$ 4,90 em junho e neste fim de semana estava R$ 6,99. A cebola também é cruel no preço, paguei R$ 5,90 o quilo”, conta aposentada Mercedes Nogueira, 63.

Segundo a Conab, a cebola e o tomate tiveram alta no mês passado. O fruto servido nas saladas tem variação média de R$ 7,90 o quilo em alguns estabelecimentos da região.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !