Comunidade Santo Antônio está pronta para celebrar o 13 de junho 

0

VOLTA REDONDA

O Dia de Santo Antônio, o padroeiro do município, é comemorado nesta quinta-feira, 13.  Para isso, fiéis católicos estão preparados para celebrar a data. Na Comunidade Santo Antônio, no bairro Niterói, já está tudo pronto para as atividades religiosas.

Para a data, que é feriado em Volta Redonda, os religiosos terão a oportunidade para ajudar a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância Volta Redonda (APMI) com a doação de leite e amido de milho que podem ser entregues durante as festividades na comunidade no bairro Niterói.

A festa terá início hoje, às 19h30min, com missa a ser celebrada pelo padre Maurício Carvalho. Na quinta-feira, 13, serão atividades em três horários, às 8 horas com missa com bispo emérito Dom João Maria Messi e clero de Volta Redonda, 12 horas mais uma missa com padre Nilson e às 17 horas procissão seguida de missa com o bispo emérito Dom Francisco Biasin.

A festa continua na sexta-feira, 14, às 19h30mon. Haverá missa com padre Xavier. No sábado, 15, às 18 horas missa com padre Welder Pretinho de Carvalho Silva, pároco de Nossa Senhora da Conceição, de Paty do Alferes e encerrando no domingo, 16, com missa com padre Antônio Maria, às 18 horas. Todos os dias haverá barracas de comidas típicas e entre os dias 12 e 15 haverá a tradicional benção dos pães.

EM OUTRAS CIDADES

A data será celebrada também em outras cidades da região, como em Barra Mansa no bairro Saudade e em Lídice, distrito de Rio Claro. Em Barra Mansa, a festa começou no início do mês de junho com a trezena de Santo Antônio, com missas todos os dias. Hoje, será a missa dos namorados, às 19h30min, com o padre Flávio Luís. No dia do padroeiro, 13, terá a missa com benção dos pães, às 7 horas, com padre Alexandre Barbosa. Às 10 horas será a Missa Solene com o bispo diocesano, Dom Luiz Henrique, seguida de almoço da festa do padroeiro. E às 19 horas haverá procissão seguida de missa com o padre Deivi Santana. Até quinta-feira, 13, terão shows regionais e venda de comidas típicas.

Em Lídice, a festa teve início nesta segunda-feira, dia 10, com o tríduo, às 18 horas, até o dia 12. No dia 13, às 19 horas, será a missa em honra a Santo Antônio e em seguida procissão, distribuição de pães e confraternização com a participação da banda municipal de Rio Claro.

SANTO ANTÔNIO

Embora tenha fama de santo casamenteiro, Santo Antônio se tornou popular por sua história de doação aos pobres e marginalizados, por isso a tradição de benção e distribuição de pães. Canonizado pelo papa Gregório IX quase um ano depois de sua morte, em 13 de junho de 1231, seu maior destaque enquanto cristão foi a vida em extrema pobreza e a vivência na pregação do evangelho, o que se confirma pelos inúmeros milagres relatados.

De acordo com padre Deivi Santana, pároco da paróquia Santo Antônio, em Barra Mansa, o santo viveu a exemplo de São Francisco de Assis. “Ele quis seguir nosso Senhor em obediência, sem nada próprio, em castidade e pregando o evangelho a todos. Antônio viveu a forma de vida inspirada por Francisco como um grande missionário e pregador. Todo estudo que fez durante os anos que esteve no Mosteiro dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho serviu-lhe para pregar a Palavra de Deus a todos por onde ia. E assim foi, na simplicidade, humildade e pobreza franciscana, numa intensa vida de oração, testemunhando o evangelho, primeiro com a vida, depois com as palavras. Sua fama de santidade logo se espalhou”, finalizou.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !