Comércio na expectativa de aumentar as vendas para o carnaval, em Volta Redonda

0

VOLTA REDONDA

Mesmo diante da crise financeira que ainda atinge o País, as datas especiais ainda atraem os brasileiros. É o caso do carnaval, já que na festa tem fantasias, confete, serpentinas, churrasco, piscina e praia. São várias opções de lazer e também para curtir a folia em grande estilo fazendo a economia girar. E quem lucra com toda essa demanda é o comércio, que já estão nos preparativos para atrair os consumidores.

A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR) é que nesse período que antecede o carnaval haja um aumento nas vendas em torno de 5% em comparação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas durante os quatro dias de carnaval em 2018 giraram em torno dos R$ 6 bilhões.

Neste ano, a maior festa popular brasileira vai acontecer logo no início do mês de março. Vale lembrar, que em Volta Redonda o carnaval começou no domingo, com a apresentação do Bloco LGBT Folia, na Avenida Pedro Costa. Em todo o Brasil, a folia acontece em março o que atrai também os moradores da cidade que preferem viajar nesse período.

E para aproveitar a festa dos blocos de ruas, desfiles de escolas de samba, os foliões já se preparam com os itens usados no carnaval. Muitos ainda optam pelas fantasias. E para atender esse público, muitas lojas da cidade ainda investem nas fantasias a preços accessíveis para crianças e adultos.
Vale lembrar que entre os itens que mais são vendidos neste período estão os acessórios para brincar o carnaval, peças infantis, gêneros alimentícios, combustível e roupas de banho. Os supermercados e açougues também aumentam as vendas e investem em promoções, principalmente, nos setores de carne e bebidas. Uma boa dica para o consumidor. Mesmo, aqueles foliões que vão viajar, sempre têm algo para comprar antes de pegar a estrada. É o caso da dona de casa Joana Cristina de Oliveira, de 38 anos. Ela disse que prefere se programar e levar o que vai consumir e usar. “Já nos planejamos, compramos aqui boa parte do que vamos precisar para deixar na casa, assim, evitamos contratempos, como as filas, principalmente, nos supermercados”, declarou.

OPORTUNIDADES

A aproximação do carnaval favorece também setores que muitos não imaginam, como as óticas. Segundo a gerente de uma ótica no Aterrado, o estabelecimento já tem sentido os efeitos positivos do carnaval e, de olho nas oportunidades que começam a surgir, vem organizando a loja para atrair os clientes com promoções. “Em relação ao ano passado, o movimento de clientes melhorou bastante e já reforçamos o estoque de óculos escuros, pois a procura aumentou consideravelmente. Não dá para sair para a folia no sol sem proteger os olhos”, lembrou.

Outro setor que tem destaque é o de turismo. Muita gente procura os grandes centros, como Rio de Janeiro, Salvador (Bahia), Belo Horizonte (MG), e cidades litorâneas de um modo geral, ou lugares mais calmos, para fugir da folia. A decisão é boa para as agências de viagens. Em Volta Redonda, uma das agências garante que já está a todo vapor com os pacotes. “Temos procuras por viagens para todos os lugares e tem sido bastante equilibrado em questão de festa e tranquilidade. O carnaval é um dos períodos destaques no ano economicamente, ainda maior que, no fim de ano”, concluiu a proprietária da empresa, Elizabeth de Souza Leite.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !