Dia das Mães: comércio adota horário especial e projeta alta de 5%

0

VOLTA REDONDA

O comércio geral do município já está preparado para o Dia das Mães. Mesmo com a crise econômica que ainda assola o País, a expectativa de vendas ainda é grande por parte dos comerciantes dos setores diversos. Vale lembrar que a data é a que todo comerciante marca no calendário quando faz o planejamento do ano, por ser a segunda melhor época de vendas, ficando atrás apenas do Natal.

Segundo os comerciantes, o Dia das Mães é uma data com grande movimentação econômica que cresce bastante durante, devido à grande procura por presentes. Os setores que aproveitam para lucrar nessa época são diversos, com alguns chegando a dobrar o faturamento. Portanto, com a finalidade de atender melhor a população, principalmente aquelas pessoas que trabalham durante todo dia, conforme o Sindicato do Comércio Varejista de Volta Redonda (Sicomércio-VR) nesta semana, o horário do comércio é livre, mas as lojas pela Convenção Coletiva podem funcionar até às 20h30min e no sábado até às 18 horas. Também pode abrir domingo, lembrando apenas que é preciso pagar as horas-extras e outras cláusulas financeiras aos funcionários.

LOJISTAS ATENTOS

Segundo o Sicomércio-VR, em 2018, mais de R$ 30 bilhões circularam pelas lojas no Brasil, um crescimento de 3% em relação ao ano passado e o melhor resultado dos últimos cinco anos. Observando todo esse aumento, os lojistas de Volta Redonda estão atentos e ansiosos para a chegada da data, considerada a segunda mais importante do ano para alguns e já estão preparados para atender a crescente demanda. A expectativa dos lojistas é vender pelo menos 5% a mais do que no mesmo período do ano passado.

De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR), Gilson de Castro, todos estão bastante otimistas. “Estamos otimistas porque é uma data em que todo mundo quer dar uma lembrancinha, porque é de confraternizar, agradecer. As lojas com artigos femininos já estão prontas para receberem os consumidores, com preços para todos os bolsos e presentes para todos os gostos, com vitrines decoradas e no clima da data”, explicou.

SETORES ATRAENTES DO COMÉRCIO

Além do setor de roupas, calçados, bolsas e perfumes, o de joias também tem um dos seus principais períodos de vendas no Dia das Mães, com o fluxo de clientes crescendo consideravelmente e, consequentemente, multiplicando as vendas. O proprietário de um desses estabelecimentos, Ruan Pereira, é a data mais importante do ano certamente. “Nossas vendas crescem cerca de até 70%. Nos preparamos bastante, colocando carros de som nas ruas, panfletagem, mas sem deixar de atingir o público através das redes sociais, que hoje em dia alcançamos muitos clientes também”, destacou Pereira.

Para Ângelo e Cristiane Furtado, donos de uma franquia em Volta Redonda, será a primeira grande data comercial para o estabelecimento que já está com grandes expectativas. “É o primeiro Natal do ano para nós. Temos uma estratégia específica para o Dia das Mães. A loja fica toda decorada e todo visual fica temático de acordo com essa data, além de kits específicos que fazemos com promoções e produtos especiais. Ainda planejamos fazer um pré-lançamento para atrairmos os clientes e para que eles já se habituem e conheçam as ações que vamos fazer”, finalizaram os proprietários.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !