Com estoque em estado crítico, Hemonúcleo de Barra Mansa abre neste sábado

0

BARRA MANSA
O Hemonúcleo de Barra Mansa decretou estado crítico por conta do baixo número de doadores em fevereiro. Por isso, a unidade abre neste sábado, dia 24, para receber doações de sangue das 7 às 11 horas. A medida visa evitar o desabastecimento já que de janeiro a fevereiro houve uma queda de 43% no número de doações.

Em janeiro, foram 413 voluntários, 342 pessoas puderam doar e 65 estavam inaptas para doação. Já as doações de fevereiro até a última quarta-feira, dia 21, o número de voluntários caiu para 251, sendo 195 aptas e 53 inaptas não podendo doar. A diferença entre o mês passado e fevereiro representa uma queda de 43%.

O coordenador do Hemonúcleo de Barra Mansa, Sérgio Murilo Conti, acredita que a diminuição no número de doadores se deve às comemorações de carnaval. Além disso, muitos voluntários foram considerados inaptos no momento da triagem por terem se vacinado contra a febre amarela há menos de 30 dias. “O índice de inaptidão clínica teve um aumento de 5,1% em relação a janeiro. Acredito que a vacinação contra a febre amarela contribuiu para o aumento deste índice, já que quem se vacina precisa ficar 30 dias sem doar sangue”, ressaltou.

Por conta da queda nas doações de sangue, o Hemonúcleo de Barra Mansa entrou em estado crítico. De acordo com o coordenador, as cidades que são abastecidas por Barra Mansa estão sendo aconselhadas a fazer uso racional dos hemocomponentes. “O Hemonúcleo é responsável pelo abastecimento de 100% das cidades de Barra Mansa, Valença e Rio das Flores. Com o estado crítico do estoque de sangue, está sendo pedida uma avaliação mais criteriosa usando apenas para casos de extrema emergência como cirurgias”, pediu.

Com relação à saída de sangue e hemoderivados pelo Hemonúcleo de Barra Mansa aos municípios atendidos no mês de fevereiro foi mantida a média de 17 bolsas por dia, mas a conta não fecha já que a média de doações por dia não passa de 15 voluntários. “Para que o estoque de sangue ficasse totalmente seguro precisaria de 30 doações por dia, o que não acontece com frequência”, acrescentou o coordenador que afirma que a necessidade atual do banco de sangue é de O positivo e A positivo, apesar de que todos os tipos sanguíneos serem muito bem-vindos.

Para doar sangue é preciso ter mais de 16 anos de idade. Os menores de idade precisam de autorização dos responsáveis. O doador tem que estar bem de saúde e pesar mais de 50 quilos. Outra indicação importante é que o doador deve ter se vacinado contra a febre amarela há mais de 30 dias. O Hemonúcleo funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 11 horas, anexo à Santa Casa de Barra Mansa situada na Rua Pinto Ribeiro, 205, Centro.

REQUISITOS BÁSICOS PARA DOAR SANGUE

– Estar em boas condições de saúde.

– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, necessitam de autorização).

– Pesar no mínimo 50 kg.

– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

– Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

– Ter se vacinado contra a febre amarela há mais de 30 dias

– Não ter visitado áreas consideradas de risco para a transmissão da febre amarela em menos de 30 dias

– Apresentar documento original com foto recente (Carteira de Identidade, Identidade Profissional, Carteira de Trabalho e Previdência Social).