Sassaricando – Oscar Nora – 25 de agosto de 2018

0

A Justiça da Suíça revogou o efeito suspensivo concedido a Paolo Guerrero e o jogador ficará fora dos gramados até abril do ano que vem. Como se recorda, o peruano estava condenado e suspenso das atividades de atleta por 14 meses, após ter dado positivo seu exame antidoping em novembro de 2017. + Usando jargão do excelente narrador esportivo Osmar Santos, Guerrero deve ter chutado o boné do guarda, virado o balde de leite e pisado nos tomates. Tudo ao mesmo tempo.  Só essa sequência de desastres explica porque o artilheiro ganha ficha suja perto do final da carreira. +…

Sassaricando – Oscar Nora – 22 de agosto de2018

0

Certa vez, numa roda de conversa entre jornalistas e radialistas de diversas partes do mundo, um colega inglês se dizia impressionado com a paixão do torcedor brasileiro. E completava: o brasileiro pode trocar de namorada, de esposa, marca de cigarro ou de carro, mas jamais troca de clube. + Verdade confirmada na multidão de vascaínos presentes em São Januário na noite de segunda-feira passada. A expectativa era de uma vitória sobre o adversário, exorcizando o calvário da atual campanha ruim na véspera do clube. Ela não veio, mas não divorciou ninguém. + Ontem o Vasco da Gama completou 120 anos…

Sassaricando – Oscar Nora – 28 de julho de 2018

0

O leitor perdoe a insistência ao repetir que o calendário do futebol brasileiro precisa ser revisto. Com a organização que aí está, o esporte pentacampeão do mundo caminha para deixar de ser paixão nacional. Os sintomas da decepção do torcedor são cada vez mais eloquentes, como se observou na última Copa do Mundo. + A culpa é da Fifa que se faz de cega e surda para a avalanche de campeonatos e torneios promovidos por suas filhas de berço, as confederações continentais, nacionais e federações estaduais. Especialmente no Brasil, as competições se atropelam e superpõem, provocando mais devastações do que…

Sassaricando – Oscar Nora – 25 de julho de 2018

0

Infelizmente o futebol está cada vez mais mercantilizado. Fifa, mídia, clubes, empresários, jogadores, torcedores, todos, estão envolvidos em cenários absurdos. João Havelange começou a transformação na Fifa dando-lhe formato empresarial. Mas, assim como Santos Dumont não imaginou que sua invenção pudesse se tornar cruel arma de guerra, Havelange não previu que a Fifa se transformaria em gigantesco pote de ouro reabastecido a cada quatro anos. + Nos dias atuais, usando da força de ter mais associados do que a Organização das Nações Unidas, a Fifa passou a leiloar sedes, com o pregoeiro atento para somente bater martelo depois do vencedor…

1 35 36 37 38 39 54
error: Conteúdo protegido !