Sassaricando – Oscar Nora – 27 de maio de 2020

0

Por volta de 1807, quando as tropas de Napoleão Bonaparte se aproximavam de Portugal com o propósito de criar um bloqueio marítimo continental para toda Europa, o general Junot, sem resistência e na maior tranquilidade, instalou um quartel-general na vila de Abrantes pertinho de Lisboa. + Na aflição geral diante da invasão iminente de Junot, quando alguém perguntava como estavam as coisas, a resposta da Corte era sempre a mesma: “Tudo como dantes no Quartel de Abrantes.” Passado quase um ano depois, a frase virou provérbio, D. João VI se mandou para o Brasil e Napoleão se ferrou sendo derrotado…

Sassaricando – Oscar Nora – 20 de maio de 2020

0

Quando o atleta norte-americano Jent, medalha de ouro nos 100m T35 nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 cruzou a linha de chegada e levantou o braço do Brasileiro Fabio da Silva Bordignon, seu gesto cristalizou a filosofia do Barão de Coubertin, organizador dos Jogos Olímpicos Modernos. + Jent era cobra criada na prova dos 100m enquanto Fabio, medalha de prata, disputava a modalidade pela primeira vez, depois de ter passado pelo futebol de 7. A façanha de Fábio e o gesto de Jent lembram Coubertin porque para o francês mais importante do que vencer é competir e porque não pode haver…

Sassaricando – Oscar Nora-16 de maio de 2020

0

Depois de dois meses de paralisação, às dez e meia da manhã deste sábado, Borussia Dortmund x Schalke 04 reabrem o Campeonato Alemão de Futebol. Todos sem torcida nos estádios, os demais cinco jogos – hoje à tarde, amanhã e segunda-feira completam a rodada. Liderado pelo Bayern com 55 pontos, seguido do Borussia/51 e do RB Leipzig/50, faltam 9 rodadas para o torneio terminar. + A decisão da Bundesliga de reiniciar suas competições esportivas está sendo pacífica. Nem a primeira ministra Angela Merkel nem seus adversários políticos fizeram qualquer oposição. O poder judiciário também está quieto. Requerimentos, sentenças, liminares e…

Sassaricando – Oscar Nora – 13 de maio de 2020

0

Causou surpresa entre os queridos leitores, a existência do futebol para três equipes jogando simultaneamente em campo hexagonal. Contei aqui na Coluna anterior. Engenheiro civil com vivência internacional, meu primo Rogério desconfia que transformar os retângulos do campo de futebol em hexágono, meio círculo e trapézio é coisa de quadrado. + Rogério atuou como goleiro do Central Sport Clube na década 1960/70, quando as torcidas enchiam os estádios e a bola se sentia feliz ao ser tocada com sabedoria, firmeza e elegância por craques como o próprio Rogério, Clebinho, Nenem, Walter Cardoso/Waltinho – autor do gol mais rápido do mundo,…

error: Conteúdo protegido !