Coluna Esplanada

0

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 23 DE SETEMBRO DE 2022 – Nº 3454

STF eleitoreiro

Os ministros do Supremo Tribunal Federal estão reforçando contra eles próprios o ônus da famigerada expressão Judicialização do Legislativo. É cada dia mais notório em diferentes setores – de bancas de advogados a entidades do terceiro setor, passando por escritórios de grandes empresas – que a Corte, em vez de se posicionar prioritariamente para assuntos constitucionais que não as questões políticas, tem dado tiros nos pés dos togados. O Congresso Nacional não ajuda. Leva para o Supremo todas as insatisfações regimentais ou políticas as quais poderiam resolver nas Casas. Já no STF, as decisões recentes monocráticas de barrar o decreto presidencial sobre a venda de armas e de impedir o aumento do piso salarial dos enfermeiros foram muito mal vistos por variados segmentos da sociedade. Principalmente na saúde, setor no qual os únicos beneficiados são os donos dos hospitais privados (que ganham milhões de reais por mês), e os governadores (que administram mal as unidades estaduais).

Contra a caça

+
+

A cada dez brasileiros, nove não aprovam a ideia de autorizar a caça no Brasil, de acordo com levantamento do Instituto Datafolha para WWF-Brasil. Do total de entrevistados, 90% discordam da ideia de autorizar a caça e 9% concordam. Quando perguntados sobre votar em candidatos que apoiam a caça, 88% afirmam que não votariam e 10% votariam. A pesquisa ouviu 2.088 brasileiros de 5 a 8 de julho de 2022.

Fake nas redes

O termo “fake news” foi um dos mais relacionados e usados durante as eleições de 2018. Já na campanha eleitoral deste ano, a expressão está com maior destaque. Levantamento realizado pela Walk The Talk mostrou que o número de posts com o termo “fake news”, nas redes sociais no mês de agosto de 2022 foi de 155.849 mil, 95% maior do que o mesmo período de 2018 com 79.343 publicações. A pesquisa teve foco nas principais redes sociais, como Facebook, Instagram, TikTok, Twitter e YouTube.

Bilhões do MEI

Os Microempreendedores Individuais (MEI) e as pequenas empresas se destacaram no setor de concessão de crédito, registrando alta de 57% no 2º trimestre em comparação com os três primeiros meses do ano, totalizando R$ 92,8 bilhões. Levantamento realizado pelo Sebrae com base em dados do Banco Central mostra ainda que de janeiro a junho as instituições financeiras liberaram R$ 151,9 bilhões para o setor.

Mais cidadania

Um mês após entrar em vigor a Lei Federal nº 14.382/22 que reduziu prazos de habilitação e celebração do matrimônio, o DF registrou aumento de quase 14% no número de casamentos civis. Além disso, 83 pessoas no DF modificaram seu primeiro nome em Cartório de Registro Civil sem a necessidade de entrar com ação judicial – uma outra vantagem da lei. Os dados são da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais.

Café com Tiro

O Clube de Tiro ATACC de Brasília organiza para um dia antes das eleições (1º de outubro) a 5º Edição do Café com Tiro, na capital. “As armas e o café da manhã serão por conta da ATACC”, diz anúncio virtual. Os atletas terão que pagar as munições, alvos e demais itens que utilizarem no evento. É uma resposta direta da turma do coldre para quem pediu na justiça para fechar os clubes durante a eleição.

ESPLANADEIRA

# Hora Extra com cantor Beleleu acontece dia 30, no Bar da Lapa, no RJ. # ASSERJ promove Seminário Super Negócios – Marketing e Compras, na Barra da Tijuca (RJ). # Estão abertas inscrições para Prêmio Tarsila do Amaral. # Fator Acidentário de Prevenção com vigência em 2023 será divulgado a partir do dia 30. # HRTech Experience acontece online dia 4 de outubro. # Segurança da Informação foi eleita “Melhor Empresa para Trabalhar no Rio de Janeiro” pela Great Place to Work. # Ambev celebra no “Dia de Responsa”, compromisso de conscientizar pessoas sobre consumo consciente de bebida alcoólica.

Colaboraram Walmor Parente, Carolina Freitas, Sara Moreira e Izânio Façanha (charge)

©®  2011 – 2022. Coluna Esplanada – Todos os direitos reservados.
LEMA Comunicação
Coluna Esplanada ®©
AC CLDF Caixa Postal 8002 – CEP 70094-970– Brasília-DF
(61)  999993339 / 998553339 / 999453339