Cidades contabilizam estragos de temporal que atinge região  

0

SUL FLUMINENSE

Vários municípios do Estado do Rio de Janeiro estão em alerta com as previsões de chuvas desde que foi anunciado que um temporal atingiria a região. Na tarde de terça-feira, 13, a chuva começou em algumas cidades e em Vassouras, que choveu cerca de 30 milímetros, teve áreas alagadas, onde a água chegou a invadir algumas casas, porém, não houve registro de desalojados ou desabrigados. Já em Piraí foi registrado um caso de deslizamento, que causou a queda da parede de uma casa no bairro Ponte das Laranjeiras. Não houve feridos.

A casa atingida foi interditada e os moradores estão se abrigando em casas de parentes e serão assistidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social em suas necessidades imediatas. Nenhum outro caso grave foi informado em Piraí, há registros também de pequenos deslizamentos e nem um registro de alagamentos. Já umas das cidades que mais foi atingida pelo temporal, atingindo um nível de 120 milímetros de chuva, foi Paraty, porém nenhuma ocorrência foi registrada.

Outra cidade que aonde a chuva veio com força foi em Angra dos Reis, mas também não há registro de alagamentos de residências, deslizamentos ou queda de árvores. No entanto, o Morro da Boa Vista, no Parque Mambucaba, recebeu alarme de evacuação devido ao alto índice pluviométrico no local. A maior preocupação do município é com o solo encharcado. O alerta meteorológico da cidade é de chuva para as próximas 24 horas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Angra dos Reis, Lauro de Oliveira Santana, preocupado com as chuvas que ainda caem sobre a cidade, o prefeito, Fernando Jordão, se reuniu nessa manhã de quarta-feira, 13, com Órgão. “Ele acompanhou nosso monitoramento meteorológico, avaliou o sistema de alerta e alarme, e solicitou à população que atenda aos informes”, disse.

Nessa quinta-feira o risco geo-hidrológico ainda atinge o estado do Rio, podendo causar pancadas de chuvas. O aviso é do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também fez o alerta de condições severas para o Estado. A previsão é de chuva forte até este sábado.

A Defesa Civil de Barra Mansa informou que o pluviômetro instalado no Parque da Cidade Natanael Geremias registrou que as chuvas ocorridas na terça-feira, tinham marcado 27 milímetros. O órgão ainda disse que não foi registrada nenhuma solicitação de socorro, emergência ou comunicado de alagamento, desabrigados e feridos. A previsão é que até essa sexta-feira, 15, as chuvas gerem um acúmulo de 150 milímetros.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !