Centro Municipal de Artes Marciais recebe inscrições gratuitas em Volta Redonda

0

O Centro Municipal de Artes Marciais (Cemam) está recebendo inscrições para diversas modalidades. O ginásio funciona diariamente, de segunda às sextas-feiras, das 7h às 11h e das 13h30 às 17h. À noite, horário vai de 18h às 22h. As inscrições podem ser feitas no próprio Cemam. O espaço, que funciona no Ginásio Poliesportivo Amaro Inácio, no bairro Retiro, foi criado para incentivar a pratica do esporte como fator de inclusão social e de revelação de novos talentos.
As inscrições gratuitas são para capoeira, taekwondo, jiu jitsu, karatê. As aulas serão ministradas por professores da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Os documentos necessários para a inscrição são: Identidade, comprovante de residência, uma foto 3×4, e se o aluno for menor deverá estar acompanhado do responsável e apresentar a certidão de nascimento. Os cursos são dos projetos Melhor Idade em Movimento (MMM), Projeto de iniciação Desportiva (PID) e Crescer em Movimento (CEM).
O prefeito Samuca Silva destacou que o Centro Municipal de Artes Marciais foi criado para utilizar o esporte como ferramenta social melhorando a qualidade de vida dos participantes.
“Estamos investindo na formação de cidadãos melhores, favorecendo a ocupação do tempo ocioso de muitos jovens e utilizando o esporte, as lutas marciais, como ferramenta de inclusão social. Teremos treinadores trabalhando e identificando os talentos em cada modalidade, estes receberão um treinamento de alto rendimento profissional para futuras competições olímpicas, fazendo da cidade uma referência em artes marciais e lutas”, disse Samuca.
A secretária de Esporte, Paula Tavares, a Paulinha, destacou os benefícios nesta política de incentivo a prática de artes e lutas para o futuro desses jovens: “O Centro Municipal de Artes Marciais vai atender crianças a partir de 6 anos, jovens, adultos e idosos, que vão aprender artes marciais com noções de defesa pessoal e para o combate. Os cursos oferecidos pela Smel são gratuitos. Os benefícios das artes marciais são comprovados para a saúde física e mental dos participantes, e pretendemos também revelar talentos olímpicos que serão trabalhados em cada modalidade, realizando junto a inclusão social de futuros atletas. Isto é importante para uma melhor qualidade de vida através do esporte”, afirmou Paulinha.
Um dos coordenadores do Cemam, que é responsabilidade do Departamento de Esporte da Smel, o professor Rafael Castilho, explicou as metas do trabalho que está começando no Centro: “Queremos desenvolver um trabalho de alto rendimento com jovens e adultos para formar um atleta completo, que conheça todas as modalidades de lutas de artes marciais, assim poderá disputar as competições nacionais, como taekwondo, karatê, jiu jitsu e conquistar resultados positivos”, destacou.
Ele acrescenta que já é feito um trabalho de capoeira no ginásio da Ilha São João, e treinamentos específicos de taekwondo, que agora serão concentrados no Centro Municipal de Artes Marciais: “O trabalho principal com a capoeira é para auxiliar outras lutas, com o gingado, chute alto, tornando o atleta mais completo ainda nas demais lutas marciais quando tem esta base. A Smel quer ver os alunos da capoeira, preparados, participando de rodas fora da cidade. Desejamos formar atletas completos que seja referência”, concluiu.