Célia Jordão é a única mulher eleita representante da região na Alerj

0

ANGRA DOS REIS/SUL FLUMINENSE

A única mulher da região representante da Alerj para a próxima legislatura é a atual deputada estadual Célia Jordão. Do Partido Liberal, foi a terceira melhor votada no Sul Fluminense, com 49.680 votos.

Célia assumiu em dezembro de 2020 após o titular da cadeira da Alerj deixar o cargo. É a primeira eleição direta da deputada. Ela apontou que o ritmo do trabalho continuará o mesmo. “O nosso estado precisa de muita dedicação e essa vitória veio para consagrar o que iniciei em dezembro de 2020, foi o reconhecimento da população através do resultado que venho apresentando pela minha dedicação, perseverança, alegria de trabalhar. Tenho essa benção de ter alcançado bons resultados com meu trabalho. Fico muito feliz de como mulher poder representar essa força de trabalho na Alerj”, disse, completando que a eleição pelo PL também não foi nada fácil, pois existiam vários candidatos com potencial muito grande.

Nesses quase dois anos de atuação na Alerj, Célia Jordão fez uma defesa muito grande para a indústria naval, que é muito importante para o Estado. “O Rio é o maior produtor de petróleo do Brasil, quase a totalidade sai daqui, assim como 60% do gás liquefeito. A indústria naval é fundamental para a economia do Estado, mas existem outros potenciais que precisamos alavancar para a geração de emprego e renda. Essa na verdade é minha grande luta. Fui secretária de Assistência Social por nove anos e a maior necessidade de um homem ou mulher chefe de família é a questão do ingresso nesse mercado de trabalho. Não dá para falar de economia sem garantir a formação de pessoas. Quero ver nossos jovens, adolescentes, trabalhadores tendo perspectiva melhor de vida”, afirmou.

Célia Jordão lembrou da parceria com o governador Cláudio Castro que se reelegeu no primeiro turno. Segundo ela, Castro tem feito um trabalho importante na recuperação do estado, possibilitando novas investimentos e fortalecendo todo os 92 municípios.

Outras lutas de Célia Jordão foram para mulheres vítimas de violência e também na primeira infância. Esse segundo ponto será muito mais trabalhado pela deputada na próxima legislatura. Segundo ela, a ampliação do número de creches e batalhar pelo cofinanciamento do estado para implantação de mais equipamentos, garantiria o desenvolvimento pleno das crianças.  “Meu sogro, já falecido, sempre falava uma frase: ‘Faça por aqueles que mais precisam porque quando eles estão bem todos nós ficamos bem’. É preciso lutar para fazer a vida das pessoas ter melhor qualidade”, finalizou a deputada que faz aniversário nesta terça-feira, 4.