CDL-VR vai realizar campanha de renegociação de dívidas

0
VOLTA REDONDA

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Volta Redonda (CDL-VR) vai realizar na próxima semana, de 16 a 19, a campanha ‘Nome Limpo, Crédito Forte’,  que incentiva a renegociação de dívidas entre consumidores, lojas, instituições financeiras e outras empresas. Durante esse período, os consumidores poderão fazer a consulta ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) gratuitamente na sede da CDL-VR, na Rua Simão da Cunha Gago, 19, Aterrado.

Para fazer a consulta, além de levar um documento com foto e o CPF, a CDL reforça que é obrigatório o uso de máscara nas dependências do prédio e fora e que disponibiliza álcool 70% para higienização das mãos, em cumprimento às medidas preventivas ao coronavírus. Para mais informações sobre a campanha, é só entrar em contato pelo telefone 3344-8050 ou acessar o site cdlvr.org.br.
De acordo com a entidade, depois de realizar a consulta e saber onde está com débito em atraso, o consumidor poderá procurar a empresa para tentar uma renegociação da dívida. A CDL-VR está incentivando as lojas a oferecerem condições facilitadas de pagamento para ajudar a reduzir a inadimplência, que chegou a quase 20%, entre abril e julho, mas foi diminuindo com a reabertura do comércio e, hoje, está em torno de 7%.
A campanha, segundo o presidente da CDL-VR, Gilson de Castro, vem somar à recuperação das vendas, fortalecendo ainda mais o poder de compra dos consumidores para as datas comerciais do final de ano, como  a Black Friday, o Natal e o Ano Novo, que são essenciais para o setor de varejo e serviço. “Dezembro está chegando e muitos consumidores vão precisar pagar as dívidas em atraso para realizar as compras, por isso, é importante que as empresas tenham condições de renegociar, oferecer descontos nos juros”, comentou.
Gilson lembrou ainda que este ano tem sido muito difícil tanto para o lojista, que enfrenta uma crise nas vendas por conta da pandemia da Covid-19, principalmente, por ter ficado quase 80 dias com as portas fechadas, quanto para o consumidor, que viu seu poder de compra reduzido. “A renegociação é uma forma de ajudar também quem perdeu o emprego ou teve redução de salário ou de renda, a voltar a ficar adimplente. Tem sido um ano difícil para todos, consumidores e empresas, por isso, a campanha Nome Limpo, Crédito Forte tem ainda mais importância este ano. Precisamos aumentar as vendas de dezembro, garantido ainda uma queda da inadimplência”, disse.
A CDL orienta também os lojistas a realizarem a análise creditícia antes de vender no crediário para evitar cair em golpes. “Tem muitas famílias passando por dificuldades, mas também existem pessoas de má índole, que se aproveitam desse momento para sair comprando já com a intenção de não pagar. Para as lojas se prevenirem desses golpes, é fundamental realizar as consultas ao SPC, quando mais informações melhor”, acrescentou Gilson. Segundo ele, além disso, também é importante incluir os nomes dos devedores para aumentar a proteção ao crédito.
error: Conteúdo protegido !