Casa Rosa é inaugurada oficialmente visando acolhimento aos pacientes em tratamento contra o câncer

0

BARRA MANSA

Com o objetivo de acolher pacientes em tratamento contra o câncer na Oncobarra, foi inaugurada na manhã desta terça-feira, 10, a Casa Rosa. Da inauguração, que contou com um culto ecumênico, participaram a vice-prefeita Fátima Lima, a secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, Ruth Coutinho, e vários pacientes em tratamento, além de membros do projeto ‘Entre nesta história’.

De acordo com Márcia Cristina Moreira Ramos, idealizadora do projeto ‘Amor em Movimento’ que gere a Casa, o local é fruto de sonhos e muita luta. “Contamos com a ajuda de voluntários, padrinhos para manter toda essa estrutura. Aqui vamos ofertar abraços, bate papo, palavras de carinho. Tudo o que um paciente oncológico precisa”, destaca.

Localizada na Rua Santos Dumont, 182, no Centro, a Casa irá ofertar alimentação, local de descanso, sala de cura, nutricionista, massagem relaxante, atendimento psicológico, tudo gratuitamente para pacientes e seus acompanhantes. Também serão doadas próteses mamárias, perucas e cestas básicas.

Márcia destaca que a casa irá funcionar diariamente a partir das 7 horas e precisa de doações. “Quem quiser contribuir pode levar doações de biscoito, café, leite, açúcar, ou ainda, ajuda financeira. Na recepção temos carnês para a contribuição mensal de R$ 10, qualquer uma pode ajudar com o que puder”, cita. Quem quiser doar, basta entrar em contato com Márcia através do telefone (24) 99943-8542.

Para Ruth Coutinho a Casa Rosa é um oásis. “Em meio a toda a turbulência, toda correria, dificuldade que é a batalha contra o câncer, a Casa Rosa é um oásis. Aqui os pacientes terão conforto, um abraço, é um local de gratidão”, destaca a secretária.

Como tudo começou

Márcia conta sobre a idealização do projeto. “Eu tive câncer de mama há alguns anos e me tratava em Volta Redonda, onde existe uma casa parecida. Quando fui transferida para me tratar aqui percebi que não tínhamos essa estrutura e quem vem de longe necessita de uma casa de apoio. Junto com padrinhos, apoiadores e muitos voluntários e doações, conseguimos colocar de pé essa casa que só tem a contribuir ainda mais com o sucesso do tratamento dos pacientes”, conclui.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !