Caravana Rio Criativo visa inovação do terceiro setor

0

VOLTA REDONDA

A Biblioteca Pública Municipal Raul de Leoni recebe de hoje até quinta-feira a Caravana Rio Criativo. Essa Caravana conta com o apoio da Prefeitura de Volta Redonda, por intermédio da Secretaria de Cultura, da Fundação Cultura Barra Mansa e do Sebrae.

O evento é voltado para empreendedores de qualquer setor da economia criativa: moda, gastronomia, design, artesanato, audiovisual (cinema, TV e vídeo), música, novas mídias (software, jogos, conteúdo digital), tecnologia e biotecnologia, arquitetura, artes visuais, publicidade, artes cênicas, carnaval.

De acordo com o secretário de estado de Cultura, Ruan Lira, a caravana tem o intuito de aprimorar e inovar produtos e serviços do setor criativo, que vão da gastronomia à moda, do artesanato à música, do audiovisual ao design, da biotecnologia à tecnologia da informação. “Estamos em um momento de quebra de paradigmas onde a globalização permite a modernização das relações de trabalho do terceiro setor. São novos conceitos e novos empregos. Apenas no ano passado a indústria criativa gerou cerca de R$ 155 bilhões, é a transformação de renda em qualidade de vida” , destaca, acrescentando que o Governo do Estado tem o projeto de instalar incubadoras de startups culturais em todas as regiões do estado, serão nove ao todo.

A secretária de Cultura de Volta Redonda, Aline Ribeiro, destaca que em três dias de evento os inscritos irão aprender a empreender suas ideias criativas. “A Caravana visa à concretização de ideias, traças metas para que o projeto saia do papel. Nossa região é rica em qualquer segmento de cultura, então, precisamos expandir ideias e gerar o desenvolvimento econômico através da indústria criativa, fortalecendo esse setor que só cresce”, citou.

O prefeito Samuca Silva (PSDB), destaca a geração de empregos da cidade. “Em tempos de crise, Volta Redonda foi à cidade que mais gerou emprego. Restabelecemos todos os espaços culturais, acreditamos em nossos artistas  e nos produtores de cultura”, comentou.

O PROJETO

As Caravanas são um dos eventos de capacitação desenvolvido há mais de dez anos do Rio Criativo, que é um programa do Governo do Estado do Rio de Janeiro/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, com patrocínio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e da Oi.

Em três dias será desenhado, o modelo mais eficiente para os negócios do empreendedor criativo. A imersão será uma verdadeira maratona mão-na-massa, onde o conteúdo teórico se mistura à prática em oficinas e dinâmicas conduzidas por grandes profissionais de mercado de São Paulo e do Rio. A ideia é sair com o negócio formatado ou repensado, do propósito à estratégia de posicionamento de marcas.

Experimentar, prototipar, transformar, inovar e aplicar metodologias capazes de pensar uma marca ou negócio, suas necessidades e possibilidades de crescimento. Identificar o problema, pensar na solução, alinhar o modelo de negócio, organizar discurso de marca, ter um portfólio de oferta e buscar estratégia para os serviços e produtos da região.

Região Médio Paraíba Fluminense

É uma das mais estruturadas em redes, contando com inúmeros agentes da cadeia produtiva da economia criativa no Estado. São 12 municípios que cooperam e compartilham conhecimentos, especialmente na área cultural, sendo comum ver coletivos de criação ocupando unidades culturais, promovendo festivais, mantendo regularmente a programação de eventos populares. E Volta Redonda, quer por sua localização ou por seus aspectos econômicos e populacionais, tem um papel central na região.