Captação de órgãos para transplante é feita no Hospital de Emergência de Resende 

0

RESENDE

Uma captação de órgãos e tecidos para transplantes foi feita nessa semana no Hospital Municipal de Emergência Henrique Sérgio Gregori. O procedimento de alta complexidade foi realizado em uma pessoa do sexo masculino, pelas equipes médicas do HME e do Programa Estadual de Transplantes (PET) da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro. A cirurgia durou aproximadamente duas horas e meia, na sala cirúrgica da unidade localizada no bairro Jardim Jalisco. A intervenção, que ocorreu após constatação de morte encefálica, pode ajudar até cinco vidas, com a doação de dois rins, duas córneas e um fígado.

Os órgãos foram transportados pelos receptores por via terrestre. Os pacientes tiveram os nomes mantidos sob sigilo.

Entre janeiro e setembro deste ano, o PET do Rio contabilizou apenas 38 captações de órgãos na região Sul Fluminense, além de Paracambi, na Região Metropolitana do Rio. Já o ‘transplante intervivos’ é uma modalidade em que permite, por exemplo, a retirada de uma parte do fígado de pessoas perfeitamente sadias para doá-la ao paciente acometido por alguma doença neste órgão.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !