Campeonato Carioca está suspenso por 15 dias em razão do coronavírus

0

RIO DE JANEIRO

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, dia 16, entre a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e representantes dos clubes ficou acertada, por unanimidade, a suspensão do Campeonato Carioca por 15 dias, como ação de prevenção à propagação do coronavírus (Covid-19).

Os clubes receberam da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a garantia de que o calendário do futebol será estendido até o dia 28 de dezembro e que a Copa do Brasil, ficará suspensa até o meio do ano. Ou seja, com continuidade da paralisação da Copa do Brasil.

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, se mostrou a favor da paralisação por pelo menos 15 dias. E comentou que jogar de portões fechados já é desastroso neste momento. Ele lembrou a preocupação de jogadores e contou ter conversado diretamente com um deles que passou a posição do grupo. “O receio não era com a saúde deles, atletas, mas da família, visto que muitos moram com outros parentes em casa”, comentou o dirigente do Tricolor dasLaranjeiras.

Convidado pela Ferj, o infectologista Celso Ferreira Ramos Filho lembrou que não há garantia de qualquer melhora em 15, 20, 30 dias.

O presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, falou também sobre os prejuízos inevitáveis neste período. Como na estreia do japonês Honda, de portas fechadas no Nilton Santos. O mandatário Botafoguense comentou que seus jogadores também se manifestaram a favor da paralisação, com apelo pessoal do técnico Paulo Autuori.

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, lembrou as consequências financeiras para paralisação do Carioca. Ele e Cacau Cotta defenderam a continuidade dos jogos. Citou o alto investimento no elenco, na contratação de Gabigol, na renovação de Bruno Henrique e no seu elenco milionário.

Landim, que testou negativo no exame de coronavírus, disse que seria o primeiro a pedir a paralisação em caso mais urgente. Mas avaliou que o risco é pequeno perto do que pode ocorrer para o futuro do futebol carioca, lembrando a situação de outros clubes, incluindo os pequenos, que vão ter menos condições de se sustentam nesse período sem jogos.

VOLTAÇO JOGA HOJE

Apesar da suspensão do Campeonato Carioca, o A VOZ DA CIDADE fez contato com a Assessoria de Imprensa do Volta Redonda Futebol Clube que informou que a partida com o Madureira está mantida para às 16 horas desta segunda-feira, com os portões fechados.

A partida que será disputada em Conselheiro Galvão, é um confronto direto na briga pela vaga para a semifinal. Isso porque, apenas um ponto separa o Voltaço, segundo colocado do Grupo B, do Tricolor Suburbano, que ocupa a terceira colocação da chave.

Por isso, o comandante Luizinho Vieira alerta para a importância de a equipe entrar em campo totalmente focada e preparada para jogar uma decisão. “A partida é altamente decisiva e precisamos, dentro do jogo, ter uma concentração intensa, porque é um confronto direto pela vaga na semifinal. O Madureira vem muito bem na competição e tem um técnico que trabalhou aqui e conhece bem o time do Volta Redonda. Temos que ter inteligência para se comportar bem na parte defensiva e ambição para chegar bem no ataque e buscar o gol, para que possamos colher um bom resultado, nos mantendo na zona de classificação para a semifinal da Taça Rio”, destacou Luizinho.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !