Campanha Papai Noel dos Correios 2017 é lançada em Penedo

0

ITATIAIA

Aconteceu, na noite de ontem, o lançamento estadual da Campanha Papai Noel dos Correios 2017. O evento foi realizado na Casa do Papai Noel, na Rua das Velas, em Penedo. No estado do Rio de Janeiro, o período de adoção das cartinhas será até o próximo dia 30. Quem adotar uma cartinha, deverá entregar o presente no mesmo local onde realizou a adoção até 5 de dezembro. Os interessados em adotar uma das cartas do Papai Noel dos Correios poderão encontrá-las 79 pontos de apadrinhamento localizados em agências de correio do estado. Na região Sul Fluminense os postos são: Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Paraty, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Resende, Valença e Volta Redonda.

O objetivo principal da ação é responder às cartas das crianças que escrevem ao bom velhinho e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha contempla, além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP. “No ano passado, a campanha estava presente em 24 municípios do estado do Rio e contava com 40 pontos de adoção. Este ano, o Papai Noel dos Correios estará em 79 municípios do Rio e vai contar com 108 pontos de adoção em todo o estado, quase o triplo do ano passado. Também ampliamos nossa meta para o projeto. Em 2016, 12 mil crianças tiveram suas cartinhas adotadas no estado do Rio. Em 2017 queremos chegar a 28 mil crianças. Para isso, contaremos com a ajuda de todos que puderem adotar uma cartinha”, explica o superintendente dos Correios do Rio Janeiro, Cleber Isaias Machado.

CAMPANHA

A adoção na campanha é feita da mesma maneira em todo o Brasil: as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Em seguida, são disponibilizadas na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. Os Correios não entregam cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados pela empresa.

Os presentes são recebidos nos pontos divulgados pelos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho.

QUEM PODE PARTICIPAR DA CAMPANHA
De acordo com os Correios existe um critério para enviar uma carta para o Papai Noel. Todas as cartas que são escritas através das escolas públicas, em parceria com a Secretaria de Educação, já chegam para os Correios atendendo aos critérios, pois as participações das crianças já são feitas dentro das orientações passadas para as escolas.

Já as cartinhas da sociedade, que são aquelas em que qualquer criança pode ir até uma agência ou caixa de coleta dos Correios e deixar uma cartinha endereçada ao Papai Noel, devem atender aos critérios: As cartas devem ser destinadas ao Papai Noel; A carta precisa ter indicação do remetente, contendo nome completo, e endereço completo (nome da rua, número da casa/prédio, bairro e CEP); Há possibilidade de indicação de endereço alternativo (residência de algum parente ou amigo), caso essa opção facilite o recebimento; Deve ter indicação da idade da criança. Serão aceitas cartinhas de crianças de 0 a 10 anos. Pessoas com necessidades especiais não possuem limite de idade; Para as crianças que ainda não sabem escrever, um responsável pode escrever e indicar os dados da criança e as cartas devem solicitar, preferencialmente, brinquedos, roupas, calçados e material escolar.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !