Campanha arrecada donativos para servidores do estado com salários atrasados

0

RESENDE

Um movimento de solidariedade em meio à crise no estado que tem como ponto alto o atraso dos salários dos servidores. Há alguns meses, desde quando este cenário agravou um grupo de servidores da educação em parceria como o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) estão realizando uma campanha para arrecadar alimentos, material de limpeza e higiene pessoal para serem doados aos servidores públicos que estão com os salários atrasados. O intuito é de ajudar os funcionários ativos, inativos, aposentados e pensionistas.

Recentemente, um grupo de servidores realizou uma manifestação no Calçadão da Avenida Albino de Almeida, protestando contra os salários atrasados.

De acordo com uma secretária do Sepe, de nome Daise, no momento a campanha está sem nenhum kit de doação porque já foram todos doados a quem procurou ajuda do sindicato. “Por isso já estamos pedindo a população para nos ajudar nesse momento difícil que nossos colegas estão passando”, apela Daise, que relata que a todo momento chega a sede do sindicato relatos de funcionários do estado que devido aos salários atrasados, foram despejados de suas casas por falta de pagamento de aluguel, tiveram a luz, água e outros serviços cortados e estão sem o que comer em casa. “A situação é grave, triste e preocupante”, diz a funcionária do Sepe.

Outra forma que o grupo encontrou de ajudar os colegas em situação difícil é por meio da arrecadação de roupas para serem vendidos em um brechó que funciona no distrito de Engenheiro Passos. Também estão recebendo donativos e prendas para serem sorteados em um Show de Prêmios que vai acontece no próximo domingo, dia 26, às 16 horas, também em Engenheiro Passos, no Salão Paroquial da Igreja de São Benedito.

Na última sexta-feira, dia 17, o governo do estado depositou os salários do mês de setembro de servidores ativos, inativos e pensionistas que ganham até R$ 2.826 líquidos.   Segundo a Secretaria de Estado de Fazenda foram pagos R$ 200 milhões de  salário para 132.644 servidores ativos, inativos e pensionistas. Segundo o órgão, a partir deste depósito, a folha salarial de setembro ficará pendente para 68.649 servidores, em um total de R$ 364 milhões. O estado não deu previsão de pagamento desses servidores, nem quando será pago os salários de outubro e a primeira parcela do décimo terceiro salário.

Humilhação

Para a professora aposentada, Anna Maria Rodrigues Santos, uma das integrantes do grupo que vem arrecadando produtos, o momento vivido pelos servidores do estado do Rio é de extrema humilhação. “Nunca imaginei presenciar uma situação como esta no estado. É uma humilhação e uma falta de respeito não só para os servidores como também para toda a população do estado que está assistindo os serviços públicos cada vez mais precários. Imagina trabalhar uma vida inteira, contribuindo para sua aposentadoria e quando chega o dia de descansar e cuidar mais de você, o governo, resolve que não irá efetuar mais seus pagamentos”, declarou a Anna Maria, ex-diretora do Colégio Estadual Olavo Bilac, servidora por 23 anos.

Anna Maria também pede a doação de valores em dinheiro para compra remédios e pagamento de contas de atrasadas como de plano de saúde, luz e água. “Muitos servidores usam remédios de uso contínuos e muitas vezes caros. Outros estão acumulando contas de serviços essenciais como luz, água e gás. Como dinheiro e de posse da conta atrasada ou da receita médica, nós efetuamos o pagamento da dívida ou a compra do remédio do servidor”, explica a servidora aposentada.

Como doar

As doações de alimentos, materiais de higiene e limpeza, além de roupas, calçados para o brechó de Engenheiro Passos pode ser entregue na sede do SEPE de Resende que fica na Rua Dr Luiz Barreto 15 sala 4, Galeria Centro (subida da Receita Federal). Telefone 33546767. Quem desejar contribuir com valores em dinheiro pode entrar em contato com o Sepe para saber como fazer.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !