Caminhoneiro é detido pela PRF, na Dutra, pelo não pagamento de pensão alimentícia

0

PIRAÍ
Agentes da Equipe Delta da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (DEL- PRF) realizando fiscalização de combate ao crime no km 227 da Dutra, Posto PRF de Caiçara, em Piraí, detiveram um homem. O flagrante ocorreu por volta das 13h40min deste sábado, dia 30, quando os policiais abordaram uma carreta Scania com placas de Maringá (PR).
Durante verificação da documentação apresentada pelo motorista, de 49 anos, os agentes constataram que contra ele havia um mandado de prisão em aberto pelo não pagamento de Pensão Alimentícia, emitido pela Vara de Família de Umuarama (PR), com validade até 15/06/2027. Foi dada voz de prisão ao homem que foi levado para a 94ª Delegacia de Polícia (DP), onde o caso foi registrado.
MULHER FLAGRADA APÓS ENTREGAR DIREÇÃO A PESSOA SEM CNH
Também durante fiscalização de combate ao crime, ainda no km 227, no final da tarde de hoje, a mesma equipe abordou um GM/Celta 4P Spirit. Na ação, os agentes descobriram que o condutor do veículo, um homem, de 39 anos, não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
No banco do passageiro estava a proprietária do veículo, que teria confirmado que entregou a direção ao homem por estar cansada. Desta forma, a mulher foi detida por cometer crime de trânsito previsto no artigo 310 do CTB, que é “permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada, com habilitação cassada ou com o direito de dirigir suspenso, ou, ainda, a quem, por seu estado de saúde, física ou mental, ou por embriaguez, não esteja em condições de conduzi-lo com segurança”.
As penas para este tipo de crime são para detenção de seis meses a um ano ou multa. Por ser crime de menor potencial ofensivo, foi lavrado um TCO em desfavor da mulher, tendo ela assinado se comprometendo a comparecer em juízo quando for intimada, sendo liberada para responder ao processo em liberdade. Além de responder criminalmente, foram aplicadas as devidas multas de trânsito por dirigir sem CNH, entregar direção a pessoa sem CNH e sistema de iluminação alterado, no valor total de R$ 1.956,05.