Câmara de Vereadores de Volta Redonda vai promover Audiência Pública para discutir sobre doenças autoimunes

0

Aprovado na sessão de quinta-feira, 9, da Câmara de Vereadores de Volta Redonda, o requerimento de autoria do vereador Rodrigo Furtado, que solicita a realização de uma Audiência Pública para discutir sobre doenças autoimunes. O evento já tem data marcada e irá acontecer no próximo dia 22, às 19 horas, no plenário do Legislativo, no bairro Aterrado.

Segundo justificativa do vereador, a ideia de solicitar uma audiência para discutir o assunto é pelo fato do Sistema Único de Saúde não oferecer tratamento adequado aos portadores dessas doenças, como Lúpus. Além disso, cerca de 80% dos pacientes não sabem que são portadores de alguma dessas doenças, já que o sistema não oferece tratamento adequado e muito menos exames para a descoberta da doença visando o tratamento no início. Segundo Furtado, a audiência, que vai contar com a presença de profissionais da área, o

o secretário Municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, e outros. Será, de acordo com o parlamentar, um momento de reflexão e discussão sobre ações de políticas públicas para ajudar essas pessoas no tratamento, já que a rede não auxilia.

LEVANTANDO A BANDEIRA

A administradora Camila Divindade Silva, que há doze anos luta contra o Lúpus, foi quem levantou a bandeira para a discussão sobre a doença em Volta Redonda. Ela, que vem conquistando um espaço que abre portas para as pessoas que ainda desconhecem ou ignoram a doença, procurou o vereador Rodrigo Furtado que se sensibilizou com a situação da administradora e decidiu solicitar a Audiência Pública.

Camila busca sem recursos a continuidade para controlar o Lúpus, estar viva e em condições de batalha contra as outras doenças que mesmo em tratamento persistem. “Nosso maior problema é a falta de informação e, principalmente apoio dos órgãos que deveriam, além de fornecer as medicações, dar amparo psicológico aos pacientes. Por tanto bater, uma porta se abriu e, na região será a primeira vez que a doença será levada para discussão”, declarou Camila, que será a protagonista do evento e promete trazer muitos assuntos para pauta, além de fazer que maio seja o mês de divulgação sobre o Lúpus.

DOENÇAS AUTOIMUNES

As doenças autoimunes são aquelas que o sistema imunológico da pessoa ataca tecidos saudáveis do próprio corpo, por engano, consideradas de origem em uma reação imunitária anormal em que o corpo ataca uma parte normal do seu próprio organismo (autoimunidade), e suas causas são desconhecidas, embora levantam algumas hipóteses do envolvimento com fatores externos na ocorrência dessa condição, principalmente quando há predisposição genética e o uso de alguns medicamentos.

Pesquisas apontam que pelo menos 80% das pessoas portadoras não sabem que têm um tipo de doença autoimune. Praticamente qualquer parte do corpo pode ser afetada e, segundo estudiosos, em grande maioria o paciente desconhece que tem a doença e quando descobre tardiamente fica sem saber o que fazer e sem tratamento. O Lúpus está dentro dessa relação. É uma doença inflamatória autoimune, que pode afetar múltiplos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins e cérebro. Em casos mais graves, se o tratamento for inadequado, pode matar. O nome científico da doença é “Lúpus Eritematoso Sistêmico.

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !