Bruno Marini é pré-candidato a prefeito de Barra Mansa nas eleições de 2020

0

BARRA MANSA

Em entrevista exclusiva ao A VOZ DA CIDADE para falar sobre seu trabalho à frente da Subsecretaria Estadual de Saúde – Prevenção à Dependência Química, Bruno Marini, que não é mais nenhum desconhecido dos barra-mansenses nas disputas eleitorais, foi questionado se seria um dos pré-candidatos a prefeito nas eleições do ano que vem. Sua resposta foi positiva, porém, disse que tem o compromisso nesse momento de ajudar o governador Wilson Witzel (PSC) a resgatar o estado do Rio de Janeiro. “Tenho na minha cabeça o que quero e o que vou fazer por Barra Mansa, mas estou imbuído nesse compromisso no estado, que também reflete na cidade e na região”, disse.

Bruno Marini disputou as eleições de prefeito de Barra Mansa em 2016, quando ficou em terceiro lugar, com 8.966 votos. Depois, em 2018, disputou uma das vagas para deputado estadual e teve quase 13 mil votos.

Agora, se coloca como pré-candidato a prefeito de Barra Mansa em 2020, deixando seu nome à disposição do seu partido, o PSD. “Barra Mansa tem tudo para voltar a ser uma cidade importante no cenário estadual. Cada governo tem seu foco e o meu será lutar para que a cidade volte a gerar emprego”, afirmou.

Questionado sobre o trabalho do atual prefeito, Rodrigo Drable, ele foi incisivo: “Ele faz o trabalho dele, eu posso fazer coisas diferentes”.

Como gerar empregos se muitos apontam que a cidade não tem áreas para abrigar indústrias? O pré-candidato argumentou que áreas planas não são necessárias para uma cidade ter empresas importantes. Ele lembrou da Ambev, em Piraí, localizada entre dois morros. “Claro que não temos áreas para abrigar uma CSN ou Volks, por exemplo, mas temos para ter médias empresas, de 100, 200, 300 mil metros quadrados. Tudo é foco. Em Barra Mansa temos pessoas preparadas em todos os aspectos, um celeiro de cidade boa, gostosa de se viver, de família. Temos água, energia. É foco, é incentivo”, analisou o pré-candidato a prefeito.

CARGO NO ESTADO

Empresário conhecido em Barra Mansa, proprietário de empresa reconhecida, foi chamado no começo deste ano para ser subsecretário Estadual de Saúde, na pasta Prevenção à Dependência Química. Apesar de não ser sua área, aceitou o desafio. “Com 15 dias de governo, fizemos um diagnóstico da situação atual, elaboramos um plano para tentar reorganizar a subsecretaria que vinha com muita dificuldade em função da crise deixada pelo governo anterior”, lembrou Bruno Marini.

Como primeira ação, realizou recentemente o 1º Fórum Estadual de Políticas sobre Drogas, com a presença de representantes de 43 cidades do estado, 228 pessoas. No encontro, foram levantadas todas as dificuldades de cada cidade presente e agora, com o diagnóstico, ações serão colocadas em prática. “Vamos agir através de palestras e compartilhar as despesas de internação com as comunidades terapêuticas. O estado será parceiro nas cidades”, adiantou.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !