Bruno Barra completa 300 jogos pelo Voltaço e é homenageado

0

VOLTA REDONDA

Trezentas vezes Bruno Barra! Revelado pelo Volta Redonda Futebol Clube em 2006, o volante Bruno Barra, de 35 anos, completou 300 jogos com a camisa do Esquadrão de Aço na rodada passada da Série C do Campeonato Brasileiro, diante do Floresta-CE.

Nesta quinta-feira, dia 23, a diretoria tricolor homenageou o atleta pela marca atingida, o presenteando com uma camisa personalizada e um quadro.

O atelta que pelo Voltaço conquistou a Copa Rio de 2007 e a Taça Rio de 2016, inclusive, marcando um golaço na final diante do Resende, emocionado, comentou sobre a homenagem. “Fico até um pouco emocionado, porque lutamos bastante diariamente e atingir uma marca tão expressiva assim é algo que surpreende muito, ainda mais vindo da base do clube. Sou grato por tudo o que o Volta Redonda fez por mim, grato desde o presidente até a tia da cozinha, que sempre me trataram muito bem. Mas quero muito mais, vou seguir trabalhando para isso e espero que possamos fechar o ano com este tão sonhado acesso à Série B”, destacou o atleta.

Com a marca, o volante agora se torna o segundo jogador que mais vestiu a camisa do Esquadrão de Aço, atrás apenas do ex-atacante Valtinho, que atuou em 335 jogos. “Dá para chegar lá, com certeza, principalmente com o acesso para a Série B, que aí aumenta o número de partidas e fica muito mais fácil ainda. Mas, como falei, espero dar continuidade, sempre honrando a camisa, com máxima dedicação dentro de campo. Estou muito feliz mesmo por ter alcançado esta marca”, ressaltou.

Natural de Barra do Piraí, o volante falou sobre a sua chegada a base do Volta Redonda e a sua subida ao profissional, que ocorreu em 2006. “Foi um pouco difícil. Vim de Barra do Piraí, tinha 18 anos quando cheguei aqui. A base era separada do profissional, não era como é hoje, e não tínhamos uma certeza de que iria subir ou não por conta disso, porque tinham muitos jogadores que eram contratados pelo clube, mas tive um bom trabalho de base. Acabei colhendo os frutos, não só eu, mas na passagem teve o Dedé, o Robinho, Marcinho, Preto, dentre outros que jogaram comigo na base e fazem parte disso hoje”, lembrou o volante tricolor.

Ele aproveitou a ocasião para mandar um recado para os pratas da casa da casa. “Até torço para que outros jogadores, principalmente os pratas da casa, alcançarem os 300 jogos ou mais do que isso. É um legado que vamos deixando e, por exemplo, hoje, os meninos da base que estão olhando e pensando que o Barra conseguiu 300 jogos, eu também posso. Com certeza eles podem. É só confiar em Deus e seguir trabalhando firme”, afirmou.

Agradecimento

Ao entregar a homenagem para o Bruno Barra, o presidente do Esquadrão de Aço Flávio Horta agradeceu o volante pelo comprometimento e empenho que teve com a camisa tricolor durante todos estes anos. “O Bruno Barra está na história do Volta Redonda, porque 300 jogos não é para qualquer um e, com certeza, ele irá aumentar ainda mais esta marca. O Barra é um exemplo de profissional, sempre se dedicando ao máximo para defender a camisa do Voltaço. Sem contar que é um espelho para os pratas da casa que estão chegando agora ao profissional. Só temos a agradecer por tudo o que ele fez e faz pelo Volta Redonda”, frisou o mandatário do Tricolor de Aço.

error: Conteúdo protegido !