Ato em Volta Redonda lembra um ano da morte da ex-vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes

0

Está acontecendo, neste momento, em Volta Redonda um ato para marcar um ano da morte violenta da ex-vereadora carioca, Marielle Franco (PSOL). A ação, organizada pelo PSOL de Volta Redonda, com participação da juventude do município, de representantes religiosos, grupos sociais entre outros, está acontecendo na Praça Rafaelo Vilanni, no bairro Retiro.

O objetivo, segundo uma das organizadoras do evento, Maria das Dores Mota, a Dodora, é continuar perguntando quem matou Marielle e o motorista dela, Anderson Gomes. Visa ainda pressionar as autoridades para elucidar o caso identificando o mandante da execução. Quem passa pelo local do ato está recebendo panfletos sobre o caso Marielle Franco, sementes de girassol e ainda pode participar de um café com os organizadores, além de  conferir um varal de fotos da ex-vereadora com as frases que ela mais usava no seu dia a dia.

Vale lembrar que a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ)  prenderam na manhã de terça-feira, 12, dois suspeitos de envolvimento no duplo assassinato. De acordo com a denúncia formulada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MP-RJ, o policial militar reformado Ronnie Lessa efetuou os disparos, e o ex-policial Élcio Vieira de Queiroz dirigia o carro do atirador. Eles foram denunciados pelos homicídios qualificados de Marielle e Anderson Gomes e tentativa de homicídio de Fernanda Chaves, assessora da vereadora que sobreviveu.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !