Artesãos recebem certificado da formação ‘Itatiaia: Cultura, Fauna, Flora e as potências artísticas’

0

ITATIAIA

Com o objetivo de incentivar os artesãos do município a desenvolverem peças com identidade local, poética pessoal e inspirado nos temas do município. Assim foi a formação ‘Itatiaia: Cultura, Fauna, Flora e as potências artísticas’, realizada pela Superintendência de Cultura. A capacitação foi concluída, nesta semana, quando cerca de 30 artesãos de Itatiaia receberam os certificados de participação.

De acordo com o Superintendente Municipal de Cultura e coordenador do projeto de formação para o artesanato, Rafael Fioratto, a participação dos artesãos foi muito satisfatória. “Ficamos muito felizes em ver o interesse desse grupo de artesãos em renovar os conhecimentos. Nossa ideia é mostrar ao artesão, a natureza, cultura e história do município para que ele tenha instrumentos para na hora de produzir, possa desenvolver um artesanato com identidade de Itatiaia. Também apresentamos teorias sobre cores, composição, quais os tipos de artesanato podem produzir e a maneira adequada de apresentar as peças para comercialização”, explicou Rafael.

Durante três encontros, os artesãos aprenderam técnicas, teorias sobre estética, cores, reaproveitamento, reciclagem, etc. Muito além das técnicas, eles realizaram, ainda, uma verdadeira viagem, conhecendo a fauna, a flora, os pássaros endêmicos, as belezas do Parque Nacional, Maromba e Maringá, a história do município e a influência da Colônia Finlandesa de Penedo. Sobre essa influência, eles puderam preparar e degustar uma sobremesa típica finlandesa: o Riissipuuro, muito comum no baile natalino, do Clube Finlândia, em Penedo.

Ainda segundo Fioratto, está é uma formação importante, pois faz parte de um projeto de fortalecimento e valorização do artesanato local. “Estamos, desde o ano passado, realizando um cadastro de artesãos, na Casa da Cultura, visando reunir os artesãos e buscar melhorias. Entre as nossas principais metas está à implantação de uma Casa do Artesão no município, com o objetivo de auxiliar na comercialização desses produtos, oferecer aos turistas mais opções e fortalecer essa cadeia produtiva”, destaca.

Casa da Cultura estende cadastramento dos artesãos

Seguem até o final de outubro o cadastramento dos artesãos do município. O objetivo é organizar a representatividade local nos espaços, eventos e cursos abertos pela assessoria e contribuir para o cadastramento do Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro.

O cadastro pode ser feito na Casa da Cultura, de segunda a sexta-feira, de 8 ao meio-dia e das 13h30min às 17 horas. No ato da inscrição é necessário informar nome e sobrenome, endereço e contato. A Casa da Cultura fica na Rua Antônio Gomes de Macedo, nº 331, Centro.

O programa do Estado, coordenado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ/TurisRio), é responsável pela emissão da Carteira Nacional de Artesão/Trabalhador Manual e tem a finalidade de reconhecer o artesanato local como uma atividade econômica geradora de desenvolvimento e empreendedorismo.
Rafael Fioratto, explica que artesanato é tudo aquilo feito de maneira manual e não industrial. “Nossa intenção é reconhecer quem produz artesanato na cidade, além de torná-lo característico do nosso município, levando em consideração nossa cultura, identidade e história. Este cadastro proporcionará ao artesão a participação em oficinas, workshops, feiras e amostras. Após o cadastro municipal iremos entrar em contato com a TurisRio para que os artesãos de Itatiaia tenham acesso a  identidade profissional e esse será um grande ganho para a cidade”, explicou Fioratto.