Artesãos iniciam sobre as belezas e potencialidades de município

0

Itatiaia

Cerca de 30 artesãos participaram, na tarde desta terça-feira (10), do primeiro encontro de formação, realizado pela Superintendência de Cultura de Itatiaia. A capacitação ‘Itatiaia: Cultura, Fauna, Flora e as potências artísticas’ têm como objetivo apresentar as potencialidades de Itatiaia em temas para a produção do artesanato.

De acordo com o Superintendente Municipal de Cultura e coordenador do projeto de formação para o artesanato, Rafael Fioratto, a ideia é proporcionar instrumentos para a pesquisa para que possam desenvolver artesanato com identidade local, poética pessoal e inspirado nos temas de Itatiaia. “Cumprimos essa etapa de uma maneira muito proveitosa. Os artesãos entenderam a importância de ter uma identidade, de conhecer sobre a cidade, sobre a nossa natureza, a nossa cultura, criando, assim, peças cada vez mais autorais. Nas próximas etapas, através da poética pessoal, os participantes vão começar a cumprir alguns desafios, concluindo com teorias de criação”, explicou Rafael.

No primeiro módulo da capacitação, foram abordados temas como a fauna, flora, paisagens de Itatiaia, animais endêmicos, plantas endêmicas, características visuais importantes, a cultura finlandesa de Penedo, esoterismo e o movimento dos anos 70 na região de Maringá e Maromba.

A artesã de Itatiaia, Lucia Saca de Andrade, definiu a iniciativa como excelente. “O primeiro encontro foi ótimo, minha cabeça está fervendo de ideias e não vejo a hora de participar das outras. Muita coisa a gente não sabia da existência. Além das curiosidades e do conhecimento, aprendemos sobre as possibilidades de explorar as belezas de Itatiaia, nas peças que produzimos. Sempre pensei nisso e agora estou mais animada para colocar em prática”, disse.

Ainda segundo Rafael Fioratto, esta é uma formação importante, pois faz parte de um projeto de fortalecimento e valorização do artesanato local. “Estamos, desde o ano passado, realizando um cadastro de artesãos, na Casa da Cultura, visando reunir os artesãos e buscar melhorias. Entre as principais metas está a implantação de uma Casa do Artesão no município, com o objetivo de auxiliar na comercialização desses produtos, oferecer aos turistas mais opções e fortalecer essa cadeia produtiva”, destaca.

Ao fim da capacitação, os artesãos receberão certificado e os próximos encontros acontecerão nos dias 17 e 24 das 13h30min às 16 horas, na Casa da Cultura.

Programação dos encontros

Módulo 2 – 17 de setembro

História da ocupação, Os prédios históricos, Igreja Matriz, Os vitrais de Arystarch Kaszkurewicz, A cultura Puri, As Içás, Os rios.

Módulo 3 – 24 de setembro

Os conceitos de Arte e Artesanato, Criação plástica, O círculo cromático, Cores primarias, secundárias e terciárias, Contraste de cor, Materiais, Moldes e motivos, Temas para as criações, Poética pessoal, A arte desenvolvida a partir do manual.

 

 

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !