Ansiedade em tempos de isolamento social: confira 6 dicas que vão  ajudar você a controlar esse sentimento

0

BARRA MANSA

Você já parou para pensar como é a sua relação com o tempo? Pode parecer algo sem importância, mas como você lida com as suas expectativas e aflições é um fator importante para entender a ansiedade.

É certo que a ansiedade é um sentimento comum e necessário em nossa vida, pois ela ajuda a reagir às situações de perigo e nos mantém vivos. Mas o problema é quando a tensão é constante e exagerada e se torna prejudicial ao bem-estar.

Atualmente, vivemos um período de incertezas. A pandemia da Covid-19 não era algo que podíamos prever e a sociedade não estava preparada. Não sabemos ao certo quando todo esse quadro irá se encerrar e, enquanto buscamos soluções, seguimos em isolamento social.

Essa falta de certezas com relação aos dias futuros pode ser um problema, pois vivemos a cada dia tentando prever o que virá. Esse foco no que está por vir pode gerar um desligamento do tempo presente, que pode ser muito prejudicial e levar a um quadro de ansiedade.

O que é a ansiedade?

Todo mundo em algum momento da vida já se sentiu ansioso, com expectativas e agitado por um acontecimento que estava por vir, e isso é normal, faz parte da natureza do ser humano.

No entanto, quando essas inquietações são constantes a ponto de gerar sentimentos negativos como o medo, a ansiedade pode vir provocar o adoecimento e prejudicar a sua qualidade de vida.

“A ansiedade, assim como estresse, precisa ser compreendida de modo amplo, que parte da natureza humana e sua relação com o tempo. Ela pode evoluir para uma linha de adoecimento, quando passa a se caracterizar como uma insuportabilidade na relação com o tempo. A pessoa entra em estados de inquietação no presente imaginando acontecimentos futuros. Mas também pode ser adoecedor quando somos tomados, com frequência e em distintos contextos, por medo, apreensão e preocupação exacerbada”, explica Pedro Augusto Cruz, professor do curso de Psicologia.

Como controlar os efeitos da ansiedade?

Você precisa compreender que toda a experiência vivida está diretamente ligada à relação com o tempo. Assim, é importante que o seu foco esteja no presente, pois quando a sua mente está direcionada para o momento atual, você é capaz de analisar, julgar e agir, ou seja, tem ferramentas para controlar a ansiedade.

Mas, se você deixa que os seus pensamentos ocorram de forma aleatória e inesperada entre o passado e futuro, você pode se perder em suas ideias e aumentar a sensação de ansiedade.

“Passado, presente e futuro podem, muitas vezes, coexistir nos acontecimentos, mas é preciso compreender o lugar que cada um deles ocupa em nossa vida. Por isso, é preciso transformar a nossa relação com os acontecimentos atuais e impactantes e reconhecer o momento comum pelo qual todos passamos”, ressalta Pedro Augusto Cruz.

Então, para  ajudá-lo a passar por este momento delicado e controlar a ansiedade em meio a quarentena separamos algumas dicas!

Informação na medida certa

A gente sabe o quanto é importante se manter informado, mas uma sobrecarga de notícias pode ser prejudicial. Por isso, controle o seu acesso aos locais de informação e use as redes sociais como aliadas. Escute o seu corpo e não ultrapasse os seus limites!

Foque na organização

Pode parecer um absurdo pensar em rotina no cenário de pandemia, mas não é! A rotina vai  ajudar você a cuidar da saúde física e mental e dar uma sensação de normalidade. Então, estabeleça horários para acordar, dormir, realizar tarefas de estudos e trabalho. E, claro, tire um tempo pra relaxar!

Mexa o corpo

É difícil, mas, nesse momento de isolamento, é preciso fugir da preguiça e se movimentar. A prática de atividade física vai te auxiliar a se desligar dos problemas e inquietações e ainda proporcionar a sensação de bem-estar.

Alimentação na medida certa

Ficar em casa geralmente faz com que a gente tenha vontade de comer o tempo todo. Mas é bom lembrar que a alimentação interfere na ansiedade, assim o ideal é uma dieta equilibrada rica em proteínas, verduras, frutas e legumes.

Mergulhe nas tecnologias digitais

Não é porque estamos em isolamento social que você precisa ficar sem contato com amigos e familiares. Você pode usar as ferramentas digitais para manter as pessoas próximas, pode ser uma videochamada ou jogo on-line. Isso vai te ajudar a descontrair e não se sentir sozinho.

Aproveite o tempo

Por que não usar esse momento para colocar alguns planos e metas em dia? Você pode maratonar séries, fazer sessão de cinema ou ler aqueles livros que estão há muito tempo na sua lista.  Aprender receitas caseiras para cuidados com a pele, começar a meditar ou se aventurar na cozinha.  As possibilidades são ilimitadas e o importante é encontrar atividades que  façam você feliz!

Agora você já tem dicas valiosas para minimizar a ansiedade neste período que precisa ficar em casa. Basta escolher qual delas se encaixam no seu perfil e começar a colocar em prática!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !