Aneel: conta de energia da Enel Rio sofre redução de 1,92%

0

SUL FLUMINENSE

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou as novas tarifas para cinco distribuidoras de energia elétrica (Cepisa, Eletroacre, Energisa Borborema, Light S.A. e Enel Rio) que refletem os descontos da quitação antecipada da chamada Conta-ACR. O cálculo da revisão tarifária extraordinária considera o abatimento da parcela do empréstimo na Conta de Desenvolvimento Energético e ajustes nas parcelas referentes a outras rubricas da CDE (CDE USO, CDE Decreto).

O diretor relator do processo, Rodrigo Limp ressaltou a ação da Aneel no processo de quitação do empréstimo e na busca para reduzir os valores das tarifas de energia. “Temos buscado medidas para reduzir as tarifas, mas com o equilíbrio necessário para remunerar adequadamente as distribuidoras e manter a qualidade do serviço”, afirmou.

Dessa forma, os 9,70% de reajuste médio em vigor desde o dia 15 para clientes da Enel Distribuição Rio de Janeiro teve redução de 1,92%, ficando em 7,59%. Para os clientes da Ligth que tinham a tarifa reajusta em 11,12%, houve a redução da Aneel em 2,30% atingindo R$ atuais 8,56%. Essas reduções são resultados da quitação do empréstimo contraído pela Aneel para auxiliar as empresas distribuidoras de energia a pagar o custo gerado durante o ano de 2015 por causa do baixo índice de chuvas.

A Light atende a cerca de 11 milhões de habitantes em 32 municípios do Rio de Janeiro, incluindo a capital. E a Enel Rio atende 66 municípios fluminenses incluindo o Sul Fluminense. A classe de consumo de baixa tensão na Enel Rio é de 7,49% e 7,89% em alta tensão. Na Light a baixa tensão ficou em 8,79% e alta tensão em média 8,04%.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !