Andrinho é afastado da presidência do Leão do Sul

0

Seguindo determinação do Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ), o Conselho Deliberativo do Barra Mansa Futebol Clube, afastou Anderson Martins Florentino, o Andrinho, da presidência do clube. A reunião extraordinária, realizada na noite de segunda-feira, além de contar com os conselheiros, teve participação de sócios e torcedores, e tratou sobre a Ação Judicial: “Tutela Antecipada de Eleição” – referente à eleição da atual Diretoria, além de tomar medidas de urgência para a continuidade das atividades do clube.

Durante a reunião, ficou acordado que, o agora ex-presidente do Leão do Sul, Andrinho, terá de 15 a 20 dias para apresentar as notas para justificar os gastos dos R$ 343 mil que teria desviado do Barra Mansa Futebol Clube para a sua conta bancária pessoal. Ele está sendo investigado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor (Gaedest/MPRJ) por manipulação de resultados em jogos da Série B do Campeonato Carioca. Além dele, são investigados Lincoln Aguiar e Ezequia de Oliveira, que não fazem mais parte do clube. Lincoln era gerente de futebol e Ezequia é proprietário da AgeSport.

Antes do encerramento da reunião, o presidente do Conselho Deliberativo, Sílvio Antônio Francisco, concedeu a palavra a Andrinho, que aproveitou para relatar sua trajetória como presidente do clube desde 2016. Ele narrou aos presentes e ao presidente do Conselho as dificuldades e os problemas que encontrou ao assumir Barra Mansa Futebol Clube. Lembrou, ainda, os conflitos com o Conselho durante a escolha da empresa AgeSport para terceirizar o clube. O ex-presidente também se defendeu das acusações imputadas a ele, a todo instante, manifestou-se “inocente e honesto”.

Por fim, Sílvio Francisco indicou o ex-dirigente do clube, Mário A. Carvalho, o Pinguilim e o ex-presidente, e atual conselheiro do clube, Ronaldo Lira para assumirem, interinamente o Barra Mansa Futebol Clube, até que seja definida a data para a realização de novas eleições.

Outra medida tomada pelo Conselho foi à proposta de realização de auditoria para analisar os balanços financeiros do clube nos últimos cinco anos. A ideia foi bem aceita pela maioria dos presentes e deverá voltar a ser discutida numa próxima reunião do Conselho Deliberativo em data ainda a ser definida.

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !