Alunos do curso de Direito da UFF realizam oficinas gratuitas sobre direito de propriedade

0

VOLTA REDONDA

Com o objetivo de levar conhecimento à comunidade sobre direitos de propriedade, um grupo de alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Volta Redonda, está realizando um projeto social que oferece oficinas gratuitas. Alguns dos temas em questão são IPTU, Minha Casa Minha Vida, contratos imobiliários, entre outros. Uma oficina acontece nesta terça-feira, de 18 às 20 horas, no campus do Aterrado, Bloco A, sala 107. Na ocasião será abordado o que o Código Civil impõe sobre as construções nas residências, árvores dentro de terreno, e, regras para viver em um condomínio.

O projeto, que iniciou a primeira oficina no início de junho, ocorre na primeira terça-feira de cada mês e tem previsão para terminar em outubro. A atividade é supervisionada pela professora Dra. Patrícia Cardoso, através do grupo de pesquisa Civitas, tendo à frente da organização as alunas Larissa Damasceno, de 22, e Marcela Capato, de 23 anos, ambas do 7º período de Direito da UFF.

Segundo Larissa, o objetivo do projeto é levar o conteúdo de Direito ao público em geral. “Muitas pessoas não sabem o que diz o Código Civil e quais são seus direitos, e por isso, muitas vezes não sabem o que fazer. Queremos iluminar esses assuntos em questão para as pessoas que não têm acesso”, relatou, acrescentando que foram feitas divulgações para tentar alcançar o maior número de público possível. “Estamos em uma universidade que não precisamos pagar. Então, o mínimo é levar para a sociedade o que aprendemos aqui”, ratificou a aluna.

TEMAS ABORDADOS

A aluna ainda explicou a importância dos temas que estão sendo apresentados nas oficinas. “Alguns dos problemas que a população passa em casa estão em lei e podem ser resolvidos. Como, por exemplo, problemas com vizinho de música alta, animal latindo, falta de limpeza, dentre outros. São coisas que acontecem no dia a dia e as pessoas não sabem como lidar”, disse.

Ainda de acordo com Larissa Damasceno, o feedback da primeira oficina foi satisfatório. “A oficina anterior foi sobre direito de vizinhanças, animais e barulhos. As pessoas presentes demonstraram empolgação com o que era passado, pois não sabiam sobre a dimensão do assunto”, relatou, acrescentando que a próxima atividade ocorre no dia 13 de agosto, com o tema IPTU, sendo apresentado por um professor de Direito Tributário.