Alexandre Serfiotis é reeleito deputado federal pelo PSD

0

PORTO REAL

A Região das Agulhas Negras manteve um representante em Brasília após a eleição deste domingo, 7. Concorrendo à reeleição pelo Partido Social Democrático (PSD) ao Congresso Nacional, Alexandre Serfiotis, 42 anos, médico cardiologista porto-realense, obteve o total de 37.526 votos, o equivalente a 0,49% dos votos válidos. Serfiotis foi o terceiro mais votado dentre os correligionários do PSD no Rio de Janeiro e o 49º na relação geral dos candidatos ao Congresso Nacional em território fluminense – o candidato mais votado a deputado federal pelo Rio de Janeiro foi Helio Fernando Barbosa Lopes (PSL) com 345.234 votos (4,47% dos votos válidos).

O candidato acompanhou a apuração dos votos junto de familiares e correligionários, em Porto Real. Após o fim da apuração, Alexandre comentou a sua vitória ao A VOZ DA CIDADE. “É uma honra e uma imensa responsabilidade representar a nossa região. Se no nosso primeiro mandato conseguimos mais de R$70 milhões em recursos federais para o interior do Estado, tenho convicção que nos próximos quatro anos podemos dobrar este resultado. Apoiando as Prefeituras, sobretudo na  área da saúde,, que é a minha paixão. Agradeço a todos que confiaram no meu trabalho e depositaram sua esperança de dias melhores no nosso mandato. Podem ter certeza, eu não irei decepcionar vocês!”, disse.

SEGURIDADE SOCIAL

O parlamentar ocupa a vice-presidência da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados. É também membro titular da Comissão Especial destinada a estudar e debater a crise hídrica no país -, da Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a apurar os fatos determinados como maus-tratos a animais – e da Comissão Especial destinada a emitir parecer à Proposta de Emenda à Constituição para dispor sobre mínimo a ser aplicado anualmente pela União em ações e serviços públicos de saúde – e relator da Subcomissão Especial da Carreira Médica.

SAÚDE

Alexandre Serfiotis também integra a Frente Parlamentar de Saúde, a Frente Parlamentar Mista para a Desoneração dos Medicamentos e a Frente Parlamentar de Apoio à Cruz Vermelha Brasileira. Seu mandato tem se pautado em ações voltadas para as mais diferentes áreas, como saúde, educação, habitação, saneamento básico, transporte, geração de renda e emprego, dentre outras.

O político tem como características de seu mandato adotar o diálogo com as autoridades constituídas dos municípios fluminenses e com representantes dos mais diversos segmentos da sociedade, assim como o bom relacionamento com os órgãos federais, que tem resultado em benefícios diretos para a população do estado do Rio de Janeiro. É considerado, pela maioria dos prefeitos do Sul Fluminense, um colaborador do progresso regional.