Vítima de bala perdida na Linha Vermelha passa por cirurgia

0

RIO/ VOLTA REDONDA

A jovem de 17 anos, que foi vítima de uma bala perdida na Linha Vermelha, no Rio de Janeiro, na manhã de domingo, 12, já foi submetida a uma cirurgia. A vítima, que moradora de Volta Redonda, seguia de carro em direção a Cabo Frio, com a família do namorado quando foi atingida no pescoço por um tiro de fuzil.

Ela fazia viagem com a esposa e dois dos filhos do subsecretário Estadual de Saúde, Bruno Marini, que é empresário de Barra Mansa. O namorado da jovem já estava em Cabo Frio a espera do restante da família. Informações da assessoria do subsecretário informaram que foi uma bala perdida, um tiro de fuzil que atravessou o vidro, pegando no pescoço dela e se alojando no banco.

Segundo informações, ela fez cirurgia no Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e está fora de perigo. Ao que tudo indica, não ficará com sequela.

Apenas ela ficou ferida. A Polícia Militar informou que agentes da Rondas Especiais e Controle de Multidões foram chamados pela esposa de Bruno Marini, que dirigia o carro, na altura do viaduto da Rua Bulhões de Marcial.  O carro, que estava com vidro traseiro quebrado, foi encaminhado para perícia e o caso está sendo investigado pela 59ª Delegacia de Polícia, onde foi registrado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !