ACRJ e BB prorrogam a campanha de renegociação para empresas

0

SUL FLUMINENSE

A campanha ‘Vem que Dá’, uma iniciativa inédita da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) e do Banco do Brasil (BB) para renegociação de dívidas das empresas do estado do Rio, foi prorrogada até o dia 30 de abril.

Segundo a ACRJ, a nova data vai facilitar as negociações que, neste momento de isolamento social, podem ser feitas a partir de atendimento digital, via WhatsApp, pelo (61) 4004-0001 com a hashtag #RenegocieRIO; pelo SMS (com envio pelo BB para interação digital); pela Internet (banner para interação digital); e ainda e-mail marketing.

A campanha ‘Vem que Dá’ foi lançada oficialmente em nove cidades: Nova Friburgo, Teresópolis, Duque de Caxias, Niterói, Petrópolis, Três Rios, Volta Redonda, Itaperuna e Campos. O ciclo de palestras, encerrado dia 16 de março, apresentou detalhes da campanha e tirou dúvidas do empresariado da capital e do interior. A iniciativa tem o apoio do Sebrae Rio e da Fecomércio RJ. A campanha de negociação de dívidas pode ser encontrada no site do BB e no site da ACRJ.

LANÇAMENTO NO SUL FLUMINENSE

Na região Sul Fluminense a campanha ‘Vem que dá’ foi lançada dia 13, em Volta Redonda, na sede do Sindicato do Comércio Varejista (Sicomércio). Cerca de 50 pessoas participaram do lançamento, obtendo informações sobre as propostas pré-aprovadas, com descontos de até 92% para liquidação à vista, de acordo com as condições do cliente e das operações de crédito. A campanha também permite o pagamento à prazo, em 36 prestações mensais fixas. 

O gerente geral do Banco do Brasil, Josué Casagrande Brünning, explicou os termos da campanha e afirmou que a iniciativa surgiu através de uma necessidade dos empresários do Rio de Janeiro de regularizar suas dívidas e equilibrar o caixa. “Essa parceria com as entidades, é um sucesso enorme. O atendimento é feito com especialistas da área de recuperação de créditos na agência, onde o empresário recebe uma proposta do banco para pagamento à vista ou à prazo ou então pode fazer a proposta, que estamos abertos a negociar”, frisa.

O acordo de cooperação técnica para a campanha foi assinado no dia 6, na sede da ACRJ, pela presidente Angela Costa e o presidente do BB, Rubem Novaes. A presidente foi uma das grandes incentivadoras da campanha, acreditando na reinclusão dos empresários e consequentemente possibilitando a realização de investimentos para gerar emprego e renda. “É uma campanha inédita que estamos promovendo, vinda de um estudo longo, com duração de seis meses, buscando um meio de ajudar os empresários fluminenses. Nenhum empresário deve porque quer, às vezes têm o problema e tem que sacrificar muito da parte financeira para pagar as dívidas. Vindo de uma crise, isso se acentua. Então, quando mostramos essa realidade e necessidade aqui do Rio, o presidente do Banco do Brasil foi solícito, nos compreendeu e nos ajudou para criarmos essa alternativa”, disse.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !